sábado, agosto 15, 2020
- Publicidade -

Alunos da FEI desenvolvem novo layout de cegonha

- Publicidade -
Depois de muitos estudos de caminhões americanos e europeus, um grupo de estudantes de Engenharia Mecânica do Centro Universitário da FEI desenvolveu o Milvus, carroceria cegonha projetada sem as treliças. A mudança de layout na estrutura do implemento tem dois objetivos: reduzir peso e facilitar descarregamento de automóveis.

Os universitários perceberam que a utilização de treliças – estruturas triangulares de metal – estava superdimensionada e a retirada delas diminuiria a massa da carreta. “O principal foco é reduzir a massa com a simplificação da estrutura”, explica a estudante Catarina Cirullo. “Pelos estudos percebemos que toda aquela composição não era necessária e a mudança acaba resultando na redução do consumo de combustível e também diminui o custo de manutenção”.

A estimativa é que o novo layout reduza em duas toneladas o peso do conjunto, comparada à cegonha convencional. Essa redução de massa equivale a 18% da referência nacional deste tipo de implemento e, segundo os estudantes, significa uma economia de aproximadamente 9% de combustível em condições semelhantes de uso entre a Milvus e uma cegonha convencional.

Outra vantagem é a mudança de posicionamento dos carros, o que permite que o carregamento e o descarregamento sejam feitos de maneira mais rápida. A estimativa é de ganho de 30 minutos.

De acordo com os estudantes, pelo layout atual o operador tem que içar e descer várias vezes uma mesma plataforma, para poder colocar os carros nas posições corretas. As catracas manuais que movimentam os remontes são lentas. No novo modelo de layout de posicionamento dos carros proposto por eles, o carregamento foi simplificado e o número de acionamentos foi reduzido.

Por Jaime Alves

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados