sábado, novembro 28, 2020

ANTT publica reajuste do piso mínimo devido alta do diesel

Na última quinta-feira, 5, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou um reajuste do piso mínimo de frete. A ANTT fez a alteração pela Portaria 399, publicada no dia 3 de novembro.

Apesar disso, os valores foram divulgados alguns dias depois da publicação da portaria.

reajuste do piso
ANTT publica reajuste do piso mínimo devido alta do diesel.

Por que houve mudança? A Lei 13.703/2018 prevê atualização dos valores do piso mínimo pelo menos duas vezes ao ano, em janeiro e julho, além de alterações sempre que o preço do diesel oscila 10%, para mais ou para menos.

A última atualização nos valores do piso mínimo foi em julho deste ano. Dessa vez, os valores foram atualizados devido a alta do óleo diesel de 14,35%.

Comparamos os valores publicados na quinta com os valores anteriores. Continue lendo para ver o comparativo.

Todos os exemplos foram tirados de sites que divulgam fretes de transportadoras.

Não sabe calcular o piso mínimo? Clique aqui e aprenda passo a passo.

 

Exemplo 1

Origem: Simões Filho/BA

Destino: Recife/PE

Número de eixos: 3

Produto: Diversos (carga geral)

Distância: 783 km

Como se trata de um caminhão e não apenas do cavalo mecânico, vamos usar a tabela A.

Na tabela anterior, publicada em julho, os valores do piso mínimo para o cálculo seriam esses:

  • CC = 229,29
  • d = 783 km
  • CCD = 2,2829

O valor mínimo do frete agora equivale a R$ 2.016,80.

Na tabela nova, os valores para o cálculo são:

  • CC = 229,29
  • d = 783 km
  • CCD = 2,4329

O valor mínimo do frete agora equivale a R$ 2.134,25.

A diferença entre os dois valores é de R$ 117,45.

No site em que este frete foi divulgado, o valor oferecido era de R$ 1.900,00.

 

Exemplo 2

Origem: Cajamar/SP

Destino: Salvador/BA

Número de eixos da composição: 5 (3 da carreta e 2 do cavalo)

Produto: Água mineral em paletes (carga geral)

Distância: 1.932 km

Neste frete, o anunciante é proprietário de uma Carreta LS e precisa apenas do cavalo mecânico. Por isso vamos usar a tabela B, destinada para quem tem só o cavalo. Os valores da tabela anterior eram:

  • CC = 240,95
  • d = 1.932 km
  • CCD = 2,6685

O valor mínimo do frete agora equivale a R$ 5.396,50.

Na tabela nova, publicada nesta quinta-feira, os valores para o cálculo são:

  • CC = 240,95
  • d = 1.932 km
  • CCD = 2,8642

O valor mínimo do frete agora equivale a R$ 5.774,58.

A diferença entre os dois valores é de R$ 378,08.

No site em que este frete foi divulgado, o valor está “a combinar”.

 

Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados