segunda-feira, abril 19, 2021

Aprenda a calcular com a nova tabela de frete

Matéria publicada em 04/06/2018 e atualizada em 21/01/2019.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT divulgou no dia 30 de maio, a nova tabela de frete, com preços mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização de fretes por eixo carregado. A fixação de uma tabela de frete foi uma das exigências dos manifestantes durante a greve dos caminhoneiros.

nova_tabela_de_frete

Várias medidas foram prometidas por parte do governo federal para que caminhoneiros cessassem as paralisações. Mas quais dessas medidas já estão valendo? Confira no link.

Em 8 de agosto, a tabela mínima foi sancionada pela presidência, sendo publicada no Diário Oficial no dia 9 de agosto.

As tabelas têm caráter obrigatório para o mercado de fretes do país e foram elaboradas em conformidade com as especificidades das cargas e estão divididas em: carga geral, a granel, frigorificada, perigosa e neogranel. As informações são da EBC.

Os valores da tabela de frete mínimo devem ser alterados sempre que o preço do diesel tiver variação de mais de 10%. Além disso, de acordo com a lei, o piso mínimo deve ser reajustado duas vezes por ano, sempre nos dias 20 de janeiro e 20 de julho, sendo válidas para o semestre em que forem editadas. 

É importante lembrar que os valores estabelecidos pela tabela são valores mínimos. Isso significa que se o motorista fizer seus próprios cálculos e chegar à conclusão de que o frete deve ser mais alto, ele tem o direito de cobrar um valor acima do indicado na tabela. 

 

Como funciona?

Os valores da tabela definem quanto deve ser cobrado dependendo da quantidade de eixos de caminhão e quilômetros a serem rodados. Os valores atuais da tabela foram divulgados no Diário Oficial de 17 de janeiro – clique para ver na íntegra.

O Pé na Estrada tem uma calculadora online, que facilita o cálculo do frete. Para usá-la, você precisa saber:

  • o tipo de carga a ser carregada
  • quantidades de eixos do seu caminhão (cavalo+carreta)
  • distância a ser percorrida

Para que você entenda como os cálculos são feitos, temos um arquivo com os valores por eixo/km. Confira dois exemplos de fretes calculados e entenda como a nova tabela de frete funciona.

POR EXEMPLO:

Um motorista fará rota São Paulo x Rio de Janeiro com um caminhão trucado, transportando móveis. Essas são as informações sobre a viagem que serão usadas:

  • tipo de carga: móveis (carga geral)
  • quantidades de eixos: 3 eixos
  • distância: 431 km

nova_tabela_de_frete_geral

Então, de acordo com a tabela, o valor cobrado por frete será referente à quantidade de eixos multiplicado pela quilometragem a ser rodada. Neste caso: R$ 3,06 x 431 km.

O frete custará R$ 1.318,86.

Esse é o valor do frete apenas de ida. Se a viagem não tiver retorno garantido, o estradeiro deve cobrar o valor do frete em dobro.

 

OUTRO EXEMPLO:

Um motorista fará a rota Goiânia x Belo Horizonte, com um bitrem. O veículo é um caminhão tanque. Essas são as informações sobre a viagem que serão usadas:

  • tipo de carga: combustível (carga perigosa)
  • quantidades de eixos: 7 eixos
  • distância: 910 km

nova_tabela_de_frete_perigosa

Então, de acordo com a tabela, o valor cobrado por frete será referente à quantidade de eixos multiplicado pela quilometragem a ser rodada. Neste caso: R$ 4,34 x 910 km.

O frete custará R$ 3.949,40.

Assim como o exemplo anterior, esse é o valor do frete apenas de ida. Se a viagem não tiver retorno garantido, o estradeiro deve cobrar o valor do frete x 2.

 

E você, o que achou da nova tabela de frete?

Por Pietra Alcântara

10 COMENTÁRIOS

  1. Seria muito bom se o mesmo governo que de BOCA falou o preço de tabela dos fretes .
    Também colocar fiscalização nas estradas dando plenos poderes aos nobre polícias federal para conter e abordar os caminhos solicitando as famigeradas cartas de frete e aprendendo os que estivesse fora das normas da NTT.
    Como também fiscalizando as transportadoras e punindo severamente com multas rigorosas .
    AGORA FALAR DE BOCA PREÇOS DE TABELA DOS FRETES E DEPOIS SAI DE PERTO TENDO DEIXADO HÁ CERTEZA NA CABEÇA DOS INDIOTAS QUE ELE FEZ ALGUMA COISA POR NÓS .
    ISSO É RIDÍCULO DÁ DE BOCA EU TAMBÉM DOU QUERO VER É FAZER SE CUMPRIR .
    ASS. José Francisco Alves
    Motorista de caminhão KYT-7I02

    • José, como os textos sobre isso dizem, é preciso fazer denúncias, é facil ficar esperando alguém lutar por você, para que você receba seus direitos, mas através de denuncias a aplicação da lei será feita. E com multas bem significativas:

      “A divulgação de fretes abaixo dos valores da tabela de fretes também é irregular e pode render multa ao anunciante, no valor de R$ 4.975,00.

      Mas, para que a ANTT possa fiscalizar e multar empresas que não estejam pagando os valores da política de frete mínimo para o transporte rodoviário de cargas, é necessário que os caminhoneiros façam denuncias à ANTT por meio da Ouvidoria do órgão. O telefone de contato, forma mais rápida de denunciar, é 166, e pode ser usado de qualquer região do país.”

      Denuncie, e também, denuncie as empresas que não fornecem vale pedágio (não pode ser em dinheiro)
      A empresa que não apga, deve pagar uma multa de 2x o valor do frete para o caminhoneiro, e também ressarcimento do pedágio gasto pelo mesmo.

    • Por exemplo estou em Guarulhos-SP e vou fretar para Praia Grande-SP, são 62km.
      Agora você checa sua tabelinha e vai ver na coluna de veículos de 1 a 2 eixos onde o seu se encaixa.
      Use a primeira linha como referência que é de 1 a 100, porque são 62km. Sua van são dois eixos que custará R$4,30 por Km rodado.
      Agora você multiplica R$4,30 por 62km que é iqual à R$S266,60.
      Lembrando que isto é para carga geral, outros tipos de gargas podem custar valores diferentes.

  2. Esse valores da tabela de frete é contando o frete ou é livre. Ex. Caminhão 3/4 saindo de sp para Mogi Guaçu 163km de ida 3 pedágio e voltando vazio pela transportadora e empresa qual seria o valor do frete. Porque pelo cálculo da tabela seria 426 mas a empresa não paga pedágio.

  3. Se não esta bom com a tabela?! Deixe como esta. Ai eles te pagam o que bem entender sem ao mesmos vc ter uma ideia da tabela de preços e acionar a fiscalização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados