domingo, junho 13, 2021

Asfalto cede e caminhão afunda em rua em Minas Gerais

Um caminhão afunda em rua na região metropolitana de Belo Horizonte/MG. O incidente aconteceu no cruzamento da rua São Lourenço com Avenida Alterosa nesta quinta-feira, 19.

O caminhão transitava sem carga, mesmo assim, por causa do peso do veículo, o asfalto cedeu, a rede pluvial estourou e causou muitos estragos no local. Ele não ficou ferido, mas contou que o susto foi grande quando de repente o veículo afundou no asfalto.

O impacto da água estourou o telhado, o forro e inundou uma Igreja que fica ao lado da tubulação. Os moradores da região afirmam que a Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) já tinha sido avisada sobre o vazamento e esteve no local.

Para resolver o problema a empresa precisou cortar a água de toda a região e ainda não tem previsão para voltar o abastecimento. As informações são do Portal R7.

 

Problemas na pavimentação

 

Veja também: Após reforma, pavimento em município da Bahia derrete e dificulta a passagem

Buracos, ondulações, fissuras, trincas. Infelizmente esses defeitos são encontrados em mais da metade das rodovias pavimentadas brasileiras, como comentamos na matéria 5 piores rodovias pedagiadas do Brasil – clique aqui para ler. Essa foi a conclusão de um estudo da CNT, que avaliou as condições das rodovias do Brasil nos últimos 13 anos.

Aparentemente insignificantes, essas falhas no pavimento, quando não consertadas logo, podem aumentar e causar acidentes grandiosos, como aconteceu em Minas Gerais. A negligência com as condições do pavimento de ruas estradas aumentam os gastos do estado e colocam vidas em risco.

Dados mostraram que por aqui as metodologias usadas estão ultrapassadas, quando comparadas aos métodos de construção e reparação de rodovias em outros países. Também há pouco investimento em obras e falha no gerenciamento, na fiscalização e na manutenção das estradas.

E você parceiro? Roda por algum trecho que precisa de melhorias?

 
 
Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados