Na tarde da última quarta-feira, 28, a Polícia Rodoviária Federal flagrou um Mercedes-Benz L1620 levando madeira transportada ilegalmente, o que ocasionou a apreensão da carga. A apreensão aconteceu no km 18 da Rodovia Dutra, no município de Lavrinhas.

madeira_transportada_ilegalmente
Imagem: PRF

O veículo transportava 20.22 m³ de madeira, conforme notas fiscais apresentadas. Porém após fiscalização foi encontrado divergência na quantidade, e nenhum documento de origem florestal (DOF), companhava a carga, documento de porte obrigatório conforme legislação do Ibama.

madeira_transportada_ilegalmente
Imagem: PRF

Para justificar a falta do documento, o motorista alegou que a carga estava sendo transportada em outro veículo, que sofrera acidente na BR 163 no estado do Pará, sendo necessário o transbordo da carga, porém em levantamento nos sistemas da PRF nenhum boletim de acidente foi encontrado para o veículo indicado.

madeira_transportada_ilegalmente_noite
Imagem: PRF

Diante dos fatos, a carga foi retida ficando a disposição da Polícia Militar Ambiental e a Polícia Civil local.

 

Cargas ilegais

contrabando_de_mercadorias
Imagem: PanAm Post

Fica aqui o nosso apelo para que os motoristas sempre chequem toda a documentação da carga antes de carregá-la. Assim, caso encontrem a ausência de algum documento, poderão exigi-lo ou até mesmo recusar a carga.

É importante sempre se certificar da procedência da carga antes de efetuar o transporte, já que, ao ser parado pela fiscalização, você corre o risco de ser autuado caso esteja carregado de mercadoria ilegal ou transportada de maneira incorreta.

Outro tipo de carga que deve ser evitada sempre pelos motoristas são as relacionadas à contrabando de mercadorias. Ainda este mês, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que prevê a pena de cassação da CNH para o condutor condenado por dirigir veículo usado para receptação, descaminho ou contrabando de mercadorias.

De acordo com o autor do projeto, deputado Efraim Filho, estimativas apontam prejuízos anuais de R$ 100 bilhões com o contrabando no país. Essas perdas envolvem tanto impostos não pagos quanto as perdas decorrentes do impacto no mercado de trabalho e em toda cadeia produtiva.

 

E você, que cuidados toma antes de aceitar uma carga?

 

Por Pietra Alcântara com informações da PRF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here