sábado, maio 8, 2021

Carnaval: número de mortes cai em rodovias de São Paulo

Em 2019, 70% dos acidentes de trânsito durante o Carnaval causaram morte ou invalidez permanente nas vítimas. Mas e em 2020, será que o trânsito foi mais seguro durante este mesmo período? De acordo com informações da Polícia Militar, entre sexta, 21, e terça-feira, 25, 14 pessoas morreram em acidentes em rodovias de São Paulo.

Leia também: Recuperação de estradas no ES pode custar R$ 450 milhões

rodovias de sao paulo

21 pessoas morreram no mesmo período de 2019, nas estradas estaduais de São Paulo. Houve uma diminuição de 33% nas mortes, comparando os dois anos. De acordo com a PM, esse é o menor número de mortes neste período nos últimos 20 anos.

Das pessoas que morreram, 8 foram em batidas entre veículos. Além dos óbitos, 84 pessoas se feriram gravemente no total de 817 acidentes. Em 2019, foram 96 vítimas graves e 824 acidentes nas rodovias de São Paulo.

 

Causas

Segundo a Polícia Militar, “a maioria dos acidentes poderiam ter sido evitados, pois em grande parte dos casos, a causa desses sinistros está relacionada à imprudência, negligência ou imperícia dos condutores ou pedestres”.

Neste ano, 4.086 motoristas dirigiam sob efeito de bebida alcoólica, o que representa um aumento de 114% em relação a 2019. No total, 98.103 fizeram o teste do etilômetro, e 65 condutores foram autuados em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante.

 

Veja outros números da Operação Carnaval da PM nas rodovias de São Paulo:

  • 95 autuações por não utilizarem o cinto de segurança e outros dispositivos de retenção;
  • 522 autuações por ultrapassagens pela contramão de direção;
  • 486 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) recolhidas;
  • 3,531 kg de drogas ilícitas apreendidas (maconha, cocaína etc);
  • 19 armas de fogo apreendidas (6 de uso permitido e 13 de uso restrito) e 564 munições;
  • Operação teve 3.500 homens e mulheres distribuídos de forma estratégica em 125 Bases Operacionais em mais de 800 viaturas;
  • Uso de 998 etilômetros (passivos e ativos) e 107 radares portáteis;
  • Mais de 650 operações de Fiscalização de Trânsito feitas para constatação de motoristas que tenham ingerido bebida alcoólica.

 

Adaptado de G1

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados