sábado, outubro 31, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Centro automotivo oferece curso de mecânica gratuito para mulheres

- Publicidade -

A DPaschoal, centro automotivo, oferece um curso de mecânica básica gratuito e especialmente pensado para o público feminino. O evento está sendo realizado nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo em homenagem ao Outubro Rosa, mês dedicado à prevenção e combate ao câncer de mama.

Leia também: Existe vantagem em contratar mulheres como motoristas?

As aulas do curso de mecânica, que têm duração de cerca de duas horas, serão ministradas por especialistas da DPaschoal, que mostrarão os cuidados necessários para manter o veículo em boas condições.

A companhia tem como intuito proporcionar que as mulheres conheçam seus carros um pouco mais, e que possam ter conhecimento quando acontecer algum problema, ou mesmo na conscientização sobre a revisão de segurança para uma manutenção preditiva. As vagas são limitadas. 

“Atualmente, 35% dos clientes da DPaschoal são mulheres. Com nosso curso é possível aprender, de maneira simples e prática, como conservar o veículo, dicas sobre manutenção, direção defensiva e, principalmente, a troca na hora certa de peças que sofrem desgaste nos veículos, como pneus, amortecedores, bateria e freios”, comenta o Gerente de Marketing da DPaschoal, Victor Dante.

 

Confira abaixo a programação do curso de mecânica:

São Paulo

  • DPaschoal – Av. Senador Feijó, 548 | Vila Mathias | Santos/ SP 

Data: 23/10/2019 – a partir das 19h

Informações: (13) 3226-1600

 

  • DPaschoal – R. Padre Roque, 1312 | Centro | Mogi Mirim/ SP 

Data: 24/12/2019 – das 19h às 21h

Informações: (19) 3805-7363

 

  • DPaschoal – Av. Haguemu Matsuzawa, 72, Esquina MARGINAL BR 116 | Ribeirópolis | Registro/ SP

Data: 29/10/2019 – das 19h45 às 21h45

Informações: (13) 3828-1700

 

  • DPaschoal – Av. Antonio Marques Figueira, 1360 | Vl. Figueira | Suzano/ SP 

Data: 31/10/2019 – das 19h às 21h30

Informações: (11) 4741-8699

 

Rio de Janeiro

  • DPaschoal – Av. Nilo Peçanha, 826 | Centro | Nova Iguaçu/ RJ 

Data: 26/10/2019 – das 13h às 15h 

Informações: (21) 3184-4750

 

  • DPaschoal – R. da Passagem, 108 | Botafogo | Rio de Janeiro/ RJ 

Data: 26/10/2019 – das 13h30 às 16h30

Informações: (21) 3479-6600

 

  • DPaschoal – Av. Brigadeiro Lima e Silva, 372 | Pq. Duque de Caxias / RJ 

Data: 26/10/2019 – das 14h às 16h30

Informações: (21) 3184-4450           

 

Minas Gerais

  • DPaschoal – Av. Rondon Pacheco, 1670 | Vigilato Pereira | Uberlândia/ MG 

Data: 29/10/2019 – das 19h às 21h

Informações: (34) 2101-1400

 

Espírito Santo

  • DPaschoal – Av. Fernando Ferrari, 2030 | Goiabeiras | Vitória/ES 

Data: 26/10/2019 – das 9h às 11h

Informações: (27) 3194-3350

 

Motoristas mulheres

No Brasil, somente 0,2% dos motoristas de caminhão são mulheres, segundo dados da CNT. Paradigmas em relação à profissão estão sendo vencidos ao longo dos anos, mas ainda há muito pela frente. Entender sobre mecânica pode dar aquele ponta a pé para uma mulher que sonha em ser motorista.

Emilie Worsham, pesquisadora e analista de sistemas de negócios da Omnitracs, afirma que a escassez de motoristas do sexo feminino no mercado acontece devido a uma combinação entre dois fatores.

As empresas que não tem o costume de contratar motoristas mulheres, mas além disso, as próprias não reconhecem o transporte rodoviário de cargas como uma oportunidade de carreira.

Para sua pesquisa, Worsham examinou 7.538 empresas de caminhões baseadas nos EUA. Ela descobriu que 40% dessas empresas não empregavam mulheres motoristas.

No geral, a pesquisa descobriu que as mulheres eram motoristas de caminhão mais seguras que os homens. Os homens foram 88% mais propensos do que as mulheres a ter atitudes de condução imprudente.

Além disso, as mulheres geralmente permanecem em empregos de caminhões por mais tempo. A pesquisa de Worsham revelou que, entre outubro de 2017 e setembro de 2018, as mulheres tinham uma taxa de rotatividade de 50% e os homens tinham uma taxa de rotatividade de 62%.

 

Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados