A cada ano, quadrilhas de estelionatários se reinventam e criam novos golpes no mercado de transportes e logística. Segundo a gerenciadora de risco Buonny, a clonagem de documentos vem se tornando cada vez mais comum no meio dos transportes.

Leia também: O que fazer para não cair no golpe da CNH Social?

clonagem de documentos
Clonagem de documentos: 4 dicas para não cair no golpe

Neste golpe, o criminoso assume a identidade de um motorista, clona seus documentos e afirma ser o profissional contratado. Assim, ele tem acesso às cargas e pode desviá-las.

As vítimas da ação geralmente são motoristas que tiveram seus documentos perdidos, furtados ou extraviados. Por isso, transportadoras e embarcadoras precisam ficar atentas e usar soluções e tecnologias para se protegerem.

No caso dos estradeiros, é importante sempre registrar na polícia quando tiver um documento perdido ou roubado. Contate a gerenciadora de risco para se certificar de que eles estão cientes do ocorrido.

Se você possui ou trabalha em uma transportadora ou embarcadora, veja a seguir 4 dicas para aumentar a segurança na hora da contratação. Confira:

 

  • Valorize o motorista

Se você empresário já contratou ou trabalhou com um bom motorista, de confiança, valorize esse profissional e o use como referência. Peça a ele indicações de outros motoristas quando estiver contratando, assim você cria uma rede de trabalhadores que se conhecem e se ajudam.

 

  • Contrate boas agências

Se você contratar profissionais de frete por meio de agências, certifique-se de que a instituição é de confiança. Como fazer isso? Veja a forma que a agência trata os motoristas e o tipo de informação que eles consideram ao intermediar o contato entre eles e as empresas.  

 

  • Confirmar identidade

Garanta que sua gerenciadora de riscos confirme a identidade do caminhoneiro. Para isso, ela pode entrar em contato com ele e com conhecidos do motorista, como ex patrões.

 

  • Use tecnologia

Hoje em dia já existem softwares de reconhecimento facial para o combate à clonagem de documentos. A solução compara o documento apresentado com as fotos do banco de dados, o que permite saber se é a mesma pessoa. Isso evita que a carga seja entregue a criminosos.

Relembre: Motorista cai em golpe do anúncio de frete e tem caminhão roubado

 

Por Pietra Alcântara com informações da Buonny

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here