domingo, dezembro 5, 2021

Conheça as características e o preço do VW e-Delivery, caminhão 100% elétrico e brasileiro da Volkswagen

A Volkswagen lançou nesta semana o VW e-Delivery, primeiro caminhão 100% elétrico fabricado no Brasil. Os modelos vêm na versão de 11 toneladas (4×2) ou 14 toneladas (6×2) e contam com módulos de 3 ou 6 baterias.

De acordo com a marca, foram mais de R$ 150 milhões em investimentos para trazer a novidade ao mercado. Com promessa de assegurar a disponibilidade do veículo e de redução do custo operacional, confira a seguir as características do VW e-Delivery:

Volkswagen e-Delivery 4×2

O modelo mais leve da família elétrica da Volkswagen tem as mesmas configurações da versão a diesel, com suspensão pneumática de série, peso bruto total de 10.700 kg e sua capacidade máxima de carga útil, somada à carroceria, chega a 6.320 kg. São três opções de entre-eixos, de 3.300 mm, 4.000 mm e 4.400 mm.

VW e-Delivery 11 toneladas
caminhão elétrico e-delivery Volkswagen 11 toneladas

e-Delivery 6×2

Já o e-Delivery 6×2 tem entre-eixos de 3.300 mm e sua suspensão pneumática permite suspender um dos eixos quando necessário para maior economia. Tem 14.300 kg de peso bruto total e a capacidade máxima de carga útil, somada à carroceria, chega a 9.055 kg.

VW e-Delivery 14 toneladas
caminhão elétrico e-delivery Volkswagen 14 toneladas

Baterias

O caminhão elétrico e-Delivery Volkswagen conta com seis módulos de bateria ou, opcionalmente, três módulos, de acordo com a autonomia necessária à operação. O pack com 6 baterias garante uma autonomia de até 250 km, enquanto o pack com 3 baterias prevê uma autonomia de 110 km, segundo a montadora.

Ainda de acordo com a Volkswagen, é possível carregar 80% da bateria em 45 minutos. A carga total é feita em 4 horas.

As baterias formam uma fila de 3 módulos na base do caminhão. Nos veículos com 6 baterias, as demais são posicionadas sobre as três primeiras, como mostrado na foto. Ao serem colocadas na parte inferior do veículo, elas garantem maior espaço para o implemento. 

Baterias e-delivery Volkswagen
Módulos de bateria caminhão elétrico e-delivery Volkswagen – Fonte: Assessoria Volkswagen

Trem de força

Os dois modelos vêm equipados com motores que entregam 300 kW com torque máximo de 2.150 Nm desde a rotação zero, ou seja, começou a pisar no acelerador, já é possível ter máxima potência. Mas o que quer dizer 300kW? Segundo Bruno Schonhorst, gerente de produto da VWCO, 300kW equivalem a 408 cv. Ou seja, uma potência equivalente a veículos extrapesados, mas sem o peso ou gasto de combustível que isso traria em um motor a diesel.

A posição do motor também mudou. Ele está na traseira, diminuindo a distância com o diferencial, com isso reduzindo também a perda de energia no caminho. 

Motor elétrico traseiro do VW e-Delivery
Motor elétrico traseiro do VW e-Delivery

Caminhões elétricos, em geral, além de não emitir gases poluentes, apresentam baixo nível de ruído e possibilitam que o motorista tenha um maior conforto na cabine, já que motores elétricos não vibram e nem emitem calor ao funcionar, como acontece com o motor a diesel.

Veja mais: 5 fatores que mudam para o motorista com o caminhão elétrico

Frenagem

Em um veículo comum movido a diesel, gasolina ou etanol, cada vez que se pisa no freio se está desperdiçando combustível. Isso porque o combustível foi injetado no motor, gerou movimento, mas o freio atuou para anular essa geração de movimento. É claro que é necessário pisar no freio, mas no veículo elétrico essa energia não é totalmente desperdiçada.

Até 40% do poder de frenagem pode ser usado para recarregar a própria bateria, aumentando a autonomia do veículo. Além disso, essa função atua como uma espécie de freio-motor, incrementando também a segurança.

São três possíveis estágios de aproveitamento, selecionados pelo motorista e que podem ser conferidos no painel. O uso entre o maior ou menor aproveitamento se dá de acordo com o peso caminhão naquela viagem, para trazer maior conforto ao motorista.

Outro diferencial do veículo elétrico é a pouca diferença de desempenho entre cidade e estrada. Normalmente, um veículo rende muito mais em vias rápidas, pois o anda e para são os grandes vilões do consumo e isso praticamente não existe em rodovias. Entretanto, como o e-Delivery reaproveita parte da energia das freadas, isso aumenta sua autonomia urbana. Como na via rápida não são tantas as freadas, a bateria não se regenera como na cidade, deixando a performance nas duas operações muito parecida.

Painel

Painel do caminhão elétrico e-delivery Volkswagen
Painel do e-Delivery

Para um olhar menos atento, pouca coisa muda no painel, com velocímetro de um lado e o que seria o conta-giros do outro. A diferença é que não há rotação do motor, por isso o conta-giros, na verdade, mostra qual percentual da potência do caminhão está sendo utilizado. Além disso, quando o caminhão é freado e há o reaproveitamento da energia, o conta-giros roda pra trás, mostrando o quanto a bateria está sendo recarregada. 

No painel ainda é possível acompanhar o nível da bateria, o módulo de reaproveitamento de freada escolhido no momento e as outras informações comuns do computador de bordo. 

Venda consultiva

Como este é um novo mercado, não seria fácil para as empresas que querem começar a ter veículos elétricos fazerem projeções de autonomia, tempo necessário para carregar e até quantidade de carregadores necessária para sua frota. Por isso, a Volkswagen pretende fazer vendas consultivas, ou seja, desenhar, de acordo com a operação de cada cliente, qual o veículo mais indicado, com quantos packs de bateria, qual o tamanho ideal da frota, quantos carregadores e, até, soluções para geração de energia de forma limpa. Tudo isso por meio do e-Consórcio.

Garantias e pós-venda

Por ser um produto novo no mercado, muita gente se pergunta se tem garantia e se vai conseguir fazer as manutenções necessárias.

A montadora estabeleceu três modelos de garantia. A garantia padrão, com 1 ano do e-Delivery completo e das baterias.

Já para quem adquirir o RIO, sistema da Volkswagen e do Grupo Traton que integra telemetria, conectividade e outras funções digitais, a marca oferece além do ano completo do veículo, dois anos de Powertrain sem limite km e três anos para as baterias.

Para quem optar pelo sistema RIO e o carregador do RIO, serão um ano de veículo completo, mais 2 anos de Powertrain sem limite km e 5 anos para baterias.

No pós-venda, a marca oferece um manual cognitivo, em que os clientes, ao baixar o aplicativo no celular, terão acesso aos recursos técnicos do produto. Além disso, o motorista e transportador contarão com assistência remota, conseguindo ver em tempo real todos os serviços que o mecânico executa em seu caminhão. 

Preço

Segundo a Volkswagen, o valor de um e-Delivery gira em torno de 3x o de um veículo equivalente a diesel. Entretanto, a montadora afirma que a diferença deve ser recuperada em 5 anos, já que não há gasto com diesel e os contratos de manutenção custam, em média, metade do valor tradicional.

caminhão elétrico e-delivery Volkswagen 14 toneladas

14 toneladas:

Módulo com 6 baterias – R$ 980.000,00

Módulo com 3 baterias – R$ 795.000,00

 

caminhão elétrico e-delivery Volkswagen 11 toneladas11 toneladas:

Módulo com 6 baterias – R$ 967.000,00

Módulo com 3 baterias –  R$ 780.000,00

 

Os veículos já estão a venda e têm entrega a partir de novembro (isso porque a produção dos próximos meses já está vendida). São duas possíveis formas de financiamento. Através do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e CDC. Para ambos é possível financiar em até 60 meses, com carência de até 12 meses e 100% do valor do veículo.

Unidades já comercializadas

As primeiras unidades do VW e-Delivery já foram comercializadas. A Ambev adquiriu os 100 caminhões, a Coca-Cola FEMSA encomendou 20 unidades e a JBS solicitou a sua primeira unidade. Nos primeiros dois dias após o lançamento, a montadora afirma já ter recebido 15 outros pedidos de compra.

 

Por Paula Toco com informações de Assessoria Volkswagen

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados