terça-feira, junho 22, 2021

Contran adia obrigatoriedade das novas placas Mercosul; estados recebem prazos diferentes

As novas placas padrão Mercosul foram motivo de discussão e debates durante todo o ano. O prazo dado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para os Detrans de todo país disponibilizarem o novo modelo de placa era até 1º dezembro. Até agora, o único estado que já disponibiliza as placas é o Rio de Janeiro.

Por esse motivo, o Contran anunciou na última sexta-feira, 30, que as placas Mercosul para veículos começarão a valer em dezembro, mas não a partir do dia 1º, como dizia o prazo anterior. Agora, cada estado terá um prazo específico.

Bolsonaro se opõe às placas Mercosul – clique e entenda.

estampadores_de_placas_Mercosul
Imagem: Rodrigo Nunes/MinCidades/Divulgação

 

Veja os prazos para cada estado e o DF:

03/12 10/12 17/12 24/12 31/12
Rio de Janeiro Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Pernambuco e Rondônia Bahia, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul Acre, Alagoas, Maranhão, Paraná e Piauí Amapá, Ceará, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Geras, Pará, Paraíba, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins

Outra alteração recente sobre as novas placas Mercosul envolvem os brasões de cidade e estado. Antes, as placas deveriam ter esses brasões indicando cidade e estado, detalhe que não está incluído nas placas de outros países do Mercosul e que as fariam mais caras por aqui. Clique aqui para entender.

 

O uso é obrigatório?

Após os prazos definidos pelo Contran para cada estado, as placas Mercosul serão obrigatória apenas nas transferências de veículos usados e na compra de veículos novos. Segundo o órgão, a placa possui itens de segurança que permitem a rastreabilidade dos veículos por meio de QR code e chip, impedindo também a clonagem.

 

Quanto custa?

No Rio de Janeiro, a nova placa custa R$ 219,35 – mesmo valor das placas antigas. Segundo o governador Pezão, que falou à Agência Brasil, a implementação da tecnologia não teve nenhum custo para o estado do Rio porque foi uma parceria com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e também não terá gastos para o consumidor.

 

E você, o que acha das novas placas?

 

Por Pietra Alcântara com informações do Portal G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados