segunda-feira, setembro 28, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Coronavírus: JBS vai paralisar plantas por 20 dias

- Publicidade -

A cadeia logística para exportação de carne bovina é complexa e já está sendo afetada pelo surto de coronavírus no Brasil. Como medida, a JBS vai paralisar, por 20 dias as plantas de Nova Andradina/MS, Alta Floresta e Juína/MT.

Além disso, vai dar férias coletivas em cinco abatedouros de bovinos no país. Ao todo, a companhia tem 37 frigoríficos no Brasil.

Leia também: Surto de coronavírus aumenta em 5% fretes da indústria

carnaval 2020 estrada

A companhia ainda está definindo quais serão as outras duas unidades paralisadas. As informações são do Valor Econômico.

Ao que tudo indica, assim como a JBS vai paralisar, a Minerva seguirá um caminho parecido, mas o número de plantas que serão fechadas temporariamente ainda não está definido. A expectativa é que uma decisão a esse respeito saia até dia 17.

No caso da Marfrig, segunda maior indústria de carne bovina do país, ainda não há uma determinação para paralisar plantas por conta do coronavírus. Mas a companhia vem acompanhando os impactos do coronavírus diariamente e não está descartado que nos próximos dias unidades tenham as operações suspensas.

Um termômetro para a Marfrig deve ser as vendas no food service (alimentação fora do lar). Com as restrições impostas a bares e restaurantes impostas no Rio de Janeiro e a menor movimentação em capitais como São Paulo, o consumo de carnes deve ser afetado.

Paralelamente às repercussões do coronavírus, a Marfrig vai fechar o frigorífico de Tucumã, no Pará. Essa medida faz parte do programa de racionalização que já vinha sendo adotado pela companhia. No fim do ano passado, a Marfrig encerrou as atividades nos abatedouros de Nova Xavantina/MT e Pirenópolis/GO.

 

Adaptado de Valor Econômico

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados