terça-feira, outubro 20, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Daimler compra empresa de tecnologia para direção autônoma

- Publicidade -

A Daimler Trucks anunciou na semana passada a compra de parte da Torc Robotics, empresa americana com foco em desenvolver tecnologias de direção autônoma. O grupo agora é sócio majoritário da empresa e pretende desenvolver caminhões altamente automatizados nos Estados Unidos. Valores não foram revelados.

A Torc Robotics surgiu em 2005, fundada por estudantes de engenharia, a empresa sempre trabalhou em tecnologias para desenvolver veículos sem motorista, como carros, ônibus e equipamentos pesados fora de estrada. Agora, as empresas acreditam que se complementarão em suas áreas de atuação.  

Aumento da segurança do motorista e depois… sem motorista

A ideia Daimler é aumentar a velocidade do desenvolvimento de novas tecnologias que diminuam o trabalho do caminhoneiro. A montadora pretende lançar em até 10 anos veículos com nível 4 de autonomia, ou seja, caminhões que consigam se dirigir sozinhos em rodovias ou, pelo menos, em áreas e condições específicas.

A Torc tem experiência em veículos totalmente autônomos, mas a ideia da Daimler, neste momento, é produzir caminhões que ainda tragam motoristas, porém onde sua função de direção é bastante diminuída. A montadora alega que que os caminhões quase totalmente autônomos têm potencial para diminuir a fadiga e o estresse do condutor, aumentar a eficiência energética e diminuir a quantidade e intensidade de acidentes.

direção autônoma é o objetivo da Daimler ao comprar a Torc
Roger Nielsen

“Tudo que pudermos fazer para manter um caminhão em segurança com um motorista dentro nos leva mais adiante para conseguirmos manter o caminhão em segurança em áreas públicas sem o motorista dentro”

disse o CEO da Daimler Trucks América do Norte, Roger Nilsen.

Então onde entraria o caminhoneiro? Quem explica é o CEO da Torc Robotics, Michael Fleming:

direção autônoma é o objetivo da Daimler ao comprar a Torc
Michael Fleming

“Nossa expectativa é que o caminhão autônomo vai conseguir se dirigir com segurança pelas rodovias e, caso surja uma situação onde ele não saiba o que fazer, ele pode se parar em segurança e dar ao motorista tempo para tirar o caminhão dessa situação”.

Isso afeta o Brasil?

mercedes

A princípio, a parceria deve afetar apenas os caminhões norte americanos das marcas Freightliner e Western Star. Os caminhões Mercedes-Benz não estão no pacote, mas a marca da estrela também já apresentou diversas tecnologias que apontam para um futuro sem motoristas ou, pelo menos, com uma função muito menor ao volante. Ainda assim, os executivos brasileiros da marca já expressaram que não veem a profissão de caminhoneiro afetada pelos próximos 30 anos.

Muitas outras empresas estão desenvolvendo tecnologias parecidas, mas além da tecnologia, ainda será necessário mudar leis e ter a aceitação de diversos atores jurídicos antes de vermos a venda em massa de veículos que rodam sozinhos. Afinal, se um veículo desses se envolve em um acidente, de quem é a culpa? Enquanto essa questão não for resolvida, a tecnologia continuará somente em testes.

Por Paula Toco com informações de Transport Topics

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados