sexta-feira, outubro 30, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Decisão marca a volta de caminhões bicudos na União Europeia

- Publicidade -

Você sente falta dos antigos caminhões bicudos? Como já explicamos por aqui, por uma questão da legislação brasileira, as montadoras de caminhão no país preferem produzir e vender veículos com cara chata. Para saber mais, assista o vídeo.

caminhoes_bicudos_uniao_europeia
Imagens: Scania/Divulgação; MAN/Divulgação

Entretanto, na União Européia, estudos comprovaram que caminhões com a frente mais alongada têm a aerodinâmica melhor e consomem menos combustível. Por esse motivo, o Parlamento Europeu decidiu antecipar um acordo que permite que montadoras locais fabriquem veículos que excedam os limites de comprimento.

O acordo, que abrange toda a União Europeia, entraria em vigor em 2022. Agora, valerá a partir de 1 de setembro de 2020.

 

Bicudos modernos

Essa decisão impacta diretamente o consumo de combustível dos veículos de carga. Violet Bulc, comissária de transportes, afirma que as mudanças na lei permitem que caminhões que fazem tiro longo poderão consumir até 10% menos combustível a cada ano.

A Federação Europeia para os Transportes e o Ambiente (T&E) comemorou o adiamento, que, segundo ele, acelerarão a implantação de cabines alongadas e arredondadas, que dão aos motoristas melhor visibilidade de pedestres e ciclistas.

James Nix, diretor da T&E, declara: “Durante décadas, a legislação da União Europeia proibiu os fabricantes de caminhões de produzirem cabines mais aerodinâmicas e arredondadas, impedindo o progresso na segurança e a aerodinâmica dos veículos”.

Na próxima quinta-feira, 21, o Parlamento Europeu também votará sobre a introdução de um novo modelo para cabines de caminhões novos, que terão um padrão de visão mínima ao redor da cabine, no qual o motorista poderá ver sem usar espelhos retrovisores.

Nix acrescenta que este padrão poderia tornar mais fácil para os fabricantes de caminhões alcançar uma classificação mais alta para o padrão de visão direta de Londres, que entrará em vigor no próximo ano.

 

Por Pietra Alcântara com informações da MotorTransport

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados