segunda-feira, março 1, 2021

Decisão marca a volta de caminhões bicudos na União Europeia

- Publicidade -

Você sente falta dos antigos caminhões bicudos? Como já explicamos por aqui, por uma questão da legislação brasileira, as montadoras de caminhão no país preferem produzir e vender veículos com cara chata. Para saber mais, assista o vídeo.

caminhoes_bicudos_uniao_europeia
Imagens: Scania/Divulgação; MAN/Divulgação

Entretanto, na União Européia, estudos comprovaram que caminhões com a frente mais alongada têm a aerodinâmica melhor e consomem menos combustível. Por esse motivo, o Parlamento Europeu decidiu antecipar um acordo que permite que montadoras locais fabriquem veículos que excedam os limites de comprimento.

O acordo, que abrange toda a União Europeia, entraria em vigor em 2022. Agora, valerá a partir de 1 de setembro de 2020.

 

Bicudos modernos

Essa decisão impacta diretamente o consumo de combustível dos veículos de carga. Violet Bulc, comissária de transportes, afirma que as mudanças na lei permitem que caminhões que fazem tiro longo poderão consumir até 10% menos combustível a cada ano.

A Federação Europeia para os Transportes e o Ambiente (T&E) comemorou o adiamento, que, segundo ele, acelerarão a implantação de cabines alongadas e arredondadas, que dão aos motoristas melhor visibilidade de pedestres e ciclistas.

James Nix, diretor da T&E, declara: “Durante décadas, a legislação da União Europeia proibiu os fabricantes de caminhões de produzirem cabines mais aerodinâmicas e arredondadas, impedindo o progresso na segurança e a aerodinâmica dos veículos”.

Na próxima quinta-feira, 21, o Parlamento Europeu também votará sobre a introdução de um novo modelo para cabines de caminhões novos, que terão um padrão de visão mínima ao redor da cabine, no qual o motorista poderá ver sem usar espelhos retrovisores.

Nix acrescenta que este padrão poderia tornar mais fácil para os fabricantes de caminhões alcançar uma classificação mais alta para o padrão de visão direta de Londres, que entrará em vigor no próximo ano.

 

Por Pietra Alcântara com informações da MotorTransport

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados