Foram liberados mais 6 km de pista duplicada na BR 381 em Minas Gerais, obra comandada pelo Ministério da Infraestrutura, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Leia também: Roda Bem Caminhoneiro abre cadastro para novas cooperativas

br 381
Imagem: Ministério da Infraestrutura

O trecho faz parte do lote 7 das obras de duplicação e melhoramentos da BR 381, entre o rio Una e o município de Caeté/MG.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirma que a BR 381 faz parte das prioridades do Ministério. “À medida que as obras de duplicação e melhoramentos da BR 381 avançam, surge uma rodovia mais segura, fundamental para a redução do número de acidentes no trecho. Além disso, essa rodovia também é estratégica para o desenvolvimento da economia da região”, explica Freitas.

Com a inauguração dos 6 km, já são 22 quilômetros de pista duplicada entregues pelo Dnit somente este ano. Foram liberados outros 7 km em fevereiro deste ano, no trecho situado entre Jaguaruçu e ribeirão Prainha, e outros 9 km liberados em março no trecho situado entre Rio Una e Trevo de Caeté. Em 2019, foram liberados 15 km.

 

Obras na BR 381

O Dnit é responsável por 4 de um total de 11 lotes de obras na BR 381. Os lotes 3.2 e 3.3 já foram concluídos. Os demais lotes da rodovia também passarão por obras de duplicação, mas o processo será realizado por meio do programa de concessão desenvolvido pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura.

Ao longo do segmento que será duplicado, estão localizadas importantes cidades como Governador Valadares, Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo e João Monlevade, além do maior polo siderúrgico da América Latina. A duplicação também vai facilitar o acesso ao complexo portuário de Tubarão/ES e o fluxo de importação e exportação.

 

Por Pietra Alcântara com informações do Ministério da Infraestrutura

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here