segunda-feira, agosto 10, 2020
- Publicidade -

Em acordo, Ecovias confessa propina e reduz pedágio

- Publicidade -

A Ecovias vai reduzir 10% no valor de seus pedágios cobrados entre 21h e 5h. A diminuição é parte do acordo que a concessionária fechou com o Ministério Público Estadual, admitindo fraude nos contratos de concessão. A redução no pedágio será aplicada 90 dias após a homologação (ou confirmação) do acordo. A Ecovias confessa propina paga à agentes públicos e repasses para caixa dois de campanhas políticas.

Leia também: Governo libera solicitação do auxílio emergencial

No acordo, comunicado ao mercado nesta terça-feira, 7, a Ecovias declara que todos os 12 contratos de concessão rodoviária assinados pelo governo de São Paulo a partir de 1998 foram fraudados por meio da ação de um cartel.

O cartel esteve em atividade durante as gestões de Mário Covas, Geraldo Alckmin e José Serra, todos do PSDB, como governadores do Estado de São Paulo.

Como parte do acordo, a concessionária se compromete a devolver R$ 650 milhões ao Estado, dívida que será paga, em partes, com o desconto no pedágio.

A Ecovias confessa propina paga à funcionários públicos e evita receber mais punições administrativas. A empresa poderia, inclusive, ser banida de novas licitações.

 

Dívida

Do total da dívida com o Estado, que faz parte do acordo entre Ecovias e Ministério Público, R$ 150 milhões serão usados para reduzir o valor da tarifa de pedágio.

R$ 450 milhões serão usado em obras de interesse público. Destes, R$ 400 milhões serão destinados ao Corredor de Exportação Anchieta, obra que facilita o caminho para o Porto de Santos. A destinação deste dinheiro foi decidida com participação do governo de São Paulo – hoje sob o comando de João Doria (PSDB). O Secretário de Transportes e Logística, João Octaviano, foi consultado sobre como investir esse valor.

R$ 36 milhões serão usados para custear UTIs para pacientes com a covid-19 e para a realização de testes.

 

Adaptado de Bol Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados