sábado, outubro 24, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Entenda como o stretch hood pode aumentar segurança da carga

- Publicidade -

Você já ouviu falar de stretch hood? Se trata de um filme ou capuz plástico usado para embalar a carga, que minimiza os danos durante o transporte. Segundo a Antilhas, empresa que fabrica este tipo de embalagem, usar stretch hood pode também trazer proteção contra furtos e rasgos, já que evita eventuais violações da carga.

Fora do Brasil, o uso da tecnologia é comum. Segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), o consumo das películas elásticas foi responsável por receitas na Europa de cerca de US$ 680 milhões em 2018.

 

Carga mais segura

Para segurança nas estradas, o capuz de plástico além de proteger o carregamento, evita o tombamento ou desmontagem do palete. Presos pelo stretch hood, a carga pouco se desloca dentro da carroceria do caminhão e traz como benefício a maior estabilidade do carregamento.

Produzida de polietileno (PE), a tecnologia aplicada ao plástico é feita no sentido vertical sobre a mercadoria a ser paleteada sem a necessidade de retração por efeito térmico. A aplicação é 40% mais rápida em comparação com o stretch convencional – 230 paletes por hora – e proporciona ganho logístico e de produtividade, além de reduzir a mão de obra em até 60%.

Para Rodrigo Massini, gerente executivo da unidade Antilhas Flexíveis, o aumento na segurança do transporte de carga é um diferencial da aplicação de stretch hood no Brasil.

“Empresas do ramo químico como a Braskem, do segmento de eletrodomésticos como a Whirlpool, e em áreas da cerâmica e construção civil, como a Cimentos Elizabeth, são algumas empresas que usam o stretch hood da Antilhas Flexíveis para a paletização dos seus produtos”, conta.

 

Adaptado de Assessoria Antilhas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados