quarta-feira, setembro 30, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Excesso de peso será fiscalizado na BR 163

- Publicidade -

Nos próximos 30 dias, os veículos carregados que passarem pela Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal de Rondonópolis, serão submetidos a pesagem. Ação realizada em parceria com a concessionária Rota do Oeste tem como objetivo traçar o perfil do transporte de cargas no trecho sob concessão da BR 163 e controlar o excesso de peso dos veículos.

Paula Toco esteve na BR 163, no trecho do Pará, onde muitos estradeiros reclamam dos atoleiros e da falta de segurança. Ouça o podcast para saber mais.

excesso_de_peso

A concessionária montou uma balança móvel para ser usada durante a operação, para identificar se o peso transportado pelos caminhões e carretas está de acordo com os limites estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para cada tipo de veículo. Caso o peso da carga esteja em desacordo com a legislação, o motorista pode ser multado pela PRF. 

Segundo o gerente da empresa, Wilson Ferreira, o objetivo é aproveitar o período de escoamento da safra da soja, quando o movimento aumenta na rodovia para identificar o quantitativo de veículos com presença de sobrecarga percorrendo a BR 163, além de verificar a origem, destino e o tipo de produto transportado.

Veja também: 150 caminhões ficam retidos na BR 163

O chefe da delegacia da PRF de Rondonópolis, inspetor Audynei Rocha, explicou que o excesso de peso compromete a estabilidade do veículo, prejudicando o sistema de freios e suspensão. “É importante lembrar que o excesso de carga é caracterizado como crime de direção perigosa, uma vez que nesta situação o motorista não detém o controle do veículo”.

O gerente de operações ressaltou ainda, por meio da assessoria, que uma balança de pesagem fixa está em construção na região de Rondonópolis, na BR163. Ao entrar em funcionamentos, os transportadores de carga terão que se adaptar aos limites estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

 

Adaptado de Expresso MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados