Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), flagrantes de excesso de peso em caminhões aumentaram de 2018 para 2019 na Bahia.

Assista ao vídeo: Excesso de peso ou 5% de tolerância?

carga irregular de cigarro
Imagem: PRF

A PRF no estado flagrou 8,3 mil toneladas de excesso de peso ao longo de todo o ano de 2019, o que representa um aumento de quase 32% neste tipo de infração, se comparado a 2018, quando foram retiradas de circulação 6,3 mil toneladas.

Além do flagrante de excesso de peso, o que também subiu foi a quantidade de notificações. Em 2018, foram emitidos 860 autos de infração e em 2019 foram 1.196, número 39% maior.

Nos últimos anos, a PRF intensificou a fiscalização dos veículos de transporte de cargas com o objetivo de coibir condutas irregulares na execução desse tipo de transporte e possíveis ilícitos criminais. Por isso, um dos motivos para o aumento de flagrantes pode ser o aumento da fiscalização.

Grande parte das infrações foram registradas na Região do Extremo Sul da Bahia. Ao todo, só nessa região foram 2.076.449 quilos de excesso, em 454 autuações emitidas.

O excesso de peso gera multa. Acima de 1000 kg, a infração é considerada gravíssima e punida com multa de R$ 191,54 aplicada a cada 500 kg ou fração de excesso de peso apurado. O caminhão só é liberado após transbordo da mercadoria excedente.

 

Qual o problema do excesso de peso?

excesso de peso
Imagem: Chico da Boleia/Reprodução

Luciano Garcia, gerente de serviços e assistência técnica da MAN América Latina, explica que o excesso de peso afeta a vida útil do veículo como um todo e aumenta os custos de manutenção.

Além disso, carregar além do permitido prejudica as estradas provocando a degradação prematura das vias, causando ruptura da estrutura e o surgimento de buracos e fissuras.

Assim, vira um ciclo vicioso: caminhão com excesso de peso destrói o pavimento, pavimento esburacado destrói o caminhão. Todos saem perdendo.

 

Segurança

Os motoristas que se arriscam a levar excesso de carga também estão colocando em risco suas próprias vidas e a dos demais usuários da via.

Todo caminhão é feito para receber um determinado limite de peso dentro das especificações do fabricante. Ao infringir o limite estabelecido, o caminhão passa ser menos seguro, abrindo margem para acidentes de nível médio a grave.

Principalmente nas situações de frenagem e mudanças bruscas de direção além de perder a  “força” na subida do caminhão prejudicando o tráfego local.

Imagem elaborada pela CNT sobre os dados de acidentes causados por excesso de carga
Imagem: CNT

Por isso, se alguém insistir para que você carregue além da capacidade do caminhão, recuse. Não vale a pena.

 

Por Pietra Alcântara com informações da PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here