sábado, novembro 28, 2020

Fluxo pedagiado de veículos aumenta 2,9% em outubro

Em outubro de 2020, o Índice da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) registrou aumento de 2,9% no fluxo pedagiado de veículos, se comparado com setembro de 2020.

Ouça o podcast: O que custa mais – pedágio caro ou estrada ruim?

pracas da ecosul
Imagem: ANTT

O fluxo de veículos leves apresentou aumento de 4%, enquanto o de pesados avançou 0,2%. O índice mede o fluxo de veículos nas estradas sob concessão e é construído pela ABCR juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.

Comparado ao mesmo período de 2019, o índice total demonstrou queda de 2,7%. O fluxo pedagiado de veículos leves registrou recuo de 3,9%, enquanto o fluxo de pesados evoluiu 0,8%.

Segundo a análise, desde a reabertura das atividades econômicas após o isolamento social, é maior a resiliência e velocidade de recuperação de veículos pesados. 

“O fluxo foi impulsionado pelo feriado do dia 12, quando se avalia seu resultado na série interanual. Ao contrário do ano passado, em 2020 o feriado ocorreu numa segunda-feira, o que favoreceu as decisões de viagens para lazer”, explica Andressa Guerrero, analista da Tendências Consultoria.

Ainda segundo Andressa, uma segunda onda da covid-19 nos próximos meses, como já acontece na Europa, indica que a flexibilização social que está em curso no país merece atenção e representa “indicativos de alerta”. 

 

Índice ABCR Brasil:

Períodos LEVES PESADOS TOTAL
Outubro/20 sobre Outubro/19 -3,9% 0,8% -2,7%
Outubro/20 sobre Setembro/20 com ajuste sazonal 4% 0,2% 2,9%
Últimos doze meses -15,2% -1,8% -12%
Acumulado no ano (Jan-Out/20 sobre Jan-Out/19) -18,9% -2,6% -14,9%

 

Adaptado de ABCR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados