sexta-feira, outubro 30, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Garimpeiros bloqueiam BR 163 no Pará

- Publicidade -

Um grupo de garimpeiros realizou, na manhã desta segunda-feira, 9, um bloqueio na rodovia BR 163 no Pará, próximo ao distrito de Moraes de Almeida, em Itaituba, sudoeste do estado.

Leia também: Queda da Ponte Ayrton Senna na BR 163 – verdadeira ou falsa?

br 163 no para
Imagem: Divulgação/PRF

Os manifestantes paralisaram as atividades para cobrar a legalização dos garimpos na região. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o engarrafamento passa de 40 quilômetros em apenas um dos sentidos da rodovia.

Os manifestantes exigem a paralisação das ações contra os garimpeiros na região e pedem garantia e segurança dos equipamentos. Durante operações de fiscalização, aparelhos utilizados na extração de minério de forma ilegal são inutilizados.

O grupo também pede uma audiência com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para que seja discutida a regularização dos garimpos no Tapajós e regularização simplificada para as áreas garimpeiras.

Leia ainda: BR 163 com pontos de neblina; saiba o que fazer

 

Violência contra agentes do Ibama

Garimpeiros já haviam respondido com violência a ações de fiscalização do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). No dia 30 de setembro, agentes do instituto foram alvos de tiros próximo a uma área indígena no Pará. De acordo com a Polícia Federal, a ação criminosa teve o objetivo de intimidar as ações de combate a garimpos ilegais na região. Ninguém ficou ferido no ataque.

A equipe que foi alvo do atentado era composta por quatro fiscais Ibama, quatro agentes da Força Nacional e oito policiais federais. Os disparos foram efetuados quando a equipe identificou um garimpo ilegal perto da Terra Indígena Ituna/Itatá. No acampamento, foi encontrada uma escavadeira grande, além de máquinas e bombas usadas em garimpos ilegais. Os equipamentos foram destruídos no local.

 

Adaptado de G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados