segunda-feira, setembro 20, 2021

Golpistas roubam dados de caminhoneiros através de vagas falsas de emprego

Conseguir uma oportunidade de trabalho atualmente não é uma das tarefas mais fáceis e para os estradeiros não é diferente. Trabalhar em meio as dificuldades do dia a dia é fundamental para a sobrevivência de muitos condutores. Devido a essa necessidade, pessoas de má fé se aproveitam da situação para extorquir informações dos caminhoneiros, através de golpes e vagas falsas de emprego.

O relato

Na última semana, recebemos um relato via WhatsApp de um caminhoneiro que havia sido vítima de um golpe na cidade de Aracaju, em Sergipe. Na situação em questão, ele havia acessado na internet o anúncio de uma oportunidade de emprego em uma empresa chamada “Coober”, entrando em contato com Laura, que supostamente seria responsável pelo RH. O motorista enviou diversos documentos pessoais e profissionais para a mulher.

Assim, foi agendada uma entrevista para o dia 14/07. O motorista teve de fazer uma viagem de média distancia até Aracaju, pois reside em Lagarto, cidade que fica a cerca de 80 km da capital do estado.

Chegando à suposta empresa, ele afirma que encontrou outros 15 caminhoneiros que também se deslocaram na esperança de conquistar a vaga. Porém, perceberam que havia algo estranho no local. A “Coober” realmente existe, porém golpistas utilizaram o nome, endereço e outras informações da empresa para enganar os motoristas.

Segundo relatos de pessoas que trabalham no prédio onde ocorreria a suposta entrevista, a empresa não se localizava naquele local e que, em várias oportunidades, outras pessoas (principalmente caminhoneiros) já haviam ido até lá procurando a “Coober”, mas infelizmente isso não passava de um golpe através de um anúncio de vagas de empregos.

“Existe lá o prédio, mas não estavam contratando ninguém. Funcionários informaram que era golpe, que já vinha de outros dias, várias pessoas procurando a empresa, todos motoristas de caminhão. A empresa não tem nada a ver, apenas foi colocado o nome dela para adquirir a documentação da gente pelo anúncio da internet”, afirmou o caminhoneiro.

Chama a atenção que Laura, a suposta mulher que conversou com o caminhoneiro, solicitou diversos dados pessoais, como documentos, comprovantes, entre outras informações.

No caso, o ou a golpista, aproveitou-se da situação para recolher as principais informações das pessoas. Cientes de que sofreram um golpe, os caminhoneiros ficaram muito receosos, pois não sabem o que irá acontecer com os seus dados. Dados pessoais podem ser usados para aberturas de contas falsas em bancos, aberturas de empresas fantasmas ou laranja e diversos outros golpes.

Os cuidados necessários ao enviar documentos

Sendo caminhoneiro ou não, atualmente é necessário ter atenção redobrada quando o assunto é uma vaga de emprego, visto que por conta de todas as dificuldades encontradas por milhares de pessoas em relação a conquistar uma oportunidade, surgem muitos aproveitadores no caminho.

Hoje, é necessário muito cuidado em relação as vagas falsas de emprego
Hoje, é necessário muito cuidado em relação as vagas falsas de emprego (Imagem: PNE)

Um ponto crucial e fundamental, é conhecer e se certificar sobre a empresa. Pesquisar o local, a história, a avaliação dos funcionários e até sites, como o Reclame Aqui, é necessário para se valer da opinião de todos os envolvidos no processo e saber se a companhia é de confiança ou não, para fugir das vagas falsas de emprego.

Como proteger os meus dados?

Atualmente, existem alguns recursos e serviços para a proteção de documentos essenciais. É o caso do Consumidor Positivo, gerido pela Boavista SCPC, que proporciona a consulta de documentos como o CPF, de forma gratuita. 

Há também o SPC Avisa, que comunica por e-mail ou SMS sobre qualquer movimentação ou consulta em seu documento, contando com recursos como a prevenção e alerta sobre indícios de fraudes e notificações sobre qualquer alteração realizada indevidamente em seu CPF ou CNPJ. O serviço é disponibilizado por R$ 9,90 por mês.

Existe a opção do Serasa Premium, uma plataforma que oferece recursos como monitoramento de CPF e CNPJ em tempo real e alerta de consultas ao CPF, 24 horas por dia, sete dias por semana. A ferramenta trata-se de um serviço para garantir a segurança de dados pessoais, baseando-se no aumento recente de vazamentos de dados e crimes virtuais. O serviço custa cerca de R$ 19,90 por mês ou R$ 169,90 no plano anual, à vista.

Oportunidades

O nosso site trucao.com.br disponibiliza a seção Oportunidades, onde as empresas do trecho informam as vagas de emprego disponíveis dentro da coluna “Vagas e Agregamentos”. Também há a coluna “Currículos”, onde você estradeiro pode deixar o seu currículo para que as empresas possam consultá-lo. 

Por Daniel Santana

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados