segunda-feira, outubro 19, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Governo Federal lança aplicativo para facilitar operação de transporte no país

- Publicidade -

Na última segunda-feira (27), o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, lançou um projeto-piloto do Documento eletrônico de transporte (DT-e). O objetivo é a unificação de 20 documentos físicos para diminuir o tempo de fiscalização nas operações de carga no país.

Veja também: Ministra da Agricultura diz que Tabela de Fretes é perversa com caminhoneiro

Com o novo sistema, caminhoneiros ou transportadoras passam a apresentar apenas um documento de fiscalização nos postos de rodovias para realizar o transporte de cargas em todo estado brasileiro. O sistema vai ser disponibilizado por meio de um aplicativo no celular.

imagem do caminhão na estrada

Como vai funcionar o aplicativo?

A leitura eletrônica será feita por meio de um chip acoplado ao veículo, permitindo ou não a passagem do caminhoneiro, sem precisar parar e mostrar os documentos. O sistema será implantado nos próximos meses para testes.

O Documento eletrônico de transporte (DT-e) faz parte das ações do “Projeto3i -Rede Brasil Inteligente” que usa a tecnologia da comunicação e informação para melhorar a logística multimodal no país.

Marcelo Sampaio, secretário executivo, afirma que a redução do tempo de espera vai melhorar a logística e a competitividade dos produtos.

“Se nós tivermos caminhões parados por conta de burocracia, isso significa custo para o caminhoneiro e perda de receita para o país. O produtor paga caro pelo frete no Brasil e o caminhoneiro autônomo recebe pouco. Precisamos reverter essa situação”, enfatizou.

O Pé na Estrada foi conferir a situação e o tempo de espera em um Posto Fiscal no Ceará. Veja na reportagem: 

 

Por Isabella Gonçalves com informações do Ministério da Infraestrutura.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados