domingo, setembro 27, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Mercado de caminhões recupera lentamente e ônibus cai

- Publicidade -

A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) publicou os números de vendas, produção e exportação de veículos e, como esperado, o mercado de caminhões continua com retração ao ser comparado com o ano anterior. Entretanto, a boa notícia é que existe uma recuperação do mercado, lenta, mas presente. Já o mercado de ônibus, fortemente afetado pela paralisação de turismo e escolas, continua caindo. Máquinas agrícolas, diferentemente do restante do mercado, apresentam crescimento no ano. Veja a situação de cada setor:

 

Caminhões

axor
Imagem: Mercedes-Benz

O mercado vendeu 47.400 unidades nos primeiros sete meses de 2020. Isso representa uma queda de 14,9% em relação as 55.724 unidades vendidas no mesmo período de 2019. Mesmo que a queda seja grande, a comparação de julho deste ano com julho do ano passado apresenta uma relação positiva. Foram 8.942 unidades vendidas em 2019 contra 9.540 este ano, um crescimento de 6,7%. As vendas também cresceram 6,5% em relação a junho, quando foram vendidas 8.954 unidades. Outro fator importante é que enquanto o fechamento do primeiro semestre acumulou queda de 19,1%, o mês de julho trouxe a média do ano para uma retração de 14,9%, ou seja, uma queda menor.

caminhões recupera lentamente

Esses fatores mostram que o setor está, lentamente, se recuperando. Ainda assim, segundo a própria Anfavea mostrou mês passado, o mercado só deve recuperar as perdas em 2025.

 

Ônibus

o 500

Enquanto o setor de caminhões vê uma recuperação lenta, o mercado de ônibus segue acumulando quedas. O mês de julho apresentou vendas acima de junho, entretanto a queda em relação a julho do ano passado é de quase 16% e a retração no acumulado de 2020 é de 36,7%.

Ônibus seguem em queda

Máquinas agrícolas

O agro continua segurando as pontas de várias cadeias da economia. No mercado de veículos automotivos acontece o mesmo. Foram 24.142 unidades vendidas até agora em 2020, um crescimento de 1,3% em relação ao ano passado. O mês de julho registrou aumento de 14,4% em relação a julho do ano passado e 15,6% em relação a junho deste ano. As perspectivas para o segmento continuam positivas, já que a safra deve ser recorde novamente.

máquinas agrícolas seguem crescendo

Veja carta completa da Anfavea aqui.

Por Paula Toco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados