terça-feira, outubro 20, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Motorista reclama de “caminhão preso por qualquer coisa”, PRF responde

- Publicidade -

O Pé na Estrada recebe muitos recados, broncas e dicas do pessoal do trecho. São comentários aqui no site, nas nossas redes sociais, por mensagem via WhatsApp e até por e-mail. Quando é um assunto que envolve agentes ou órgãos públicos, entramos em contato com eles para esclarecer a questão. Desta vez, o recado tem a ver com a Polícia Rodoviária Federal. A PRF responde o caso.

A Polícia Federal já esteve em outras matérias por aqui, como quando um motorista foi multado injustamente por falta de tacógrafo no Acre. Na ocasião, a PRF reconheceu o erro e anulou a notificação. Clique aqui e relembre.

PRF
Motorista reclama de “caminhão preso por qualquer coisa”, PRF responde | Imagem: PRF

Veja abaixo a bronca do parceiro Rafael Felizardo:

“Bom dia,

Faz uma matéria da PRF de Registro/SP, está uma falta de vergonha na cara. Estão fazendo o que eles querem com os motoristas, levando caminhão preso por qualquer coisa tá difícil passar ali”.

 

PRF responde

Perguntamos à PRF se houve alguma mudança nas orientações ou se há alguma ação específica para caminhoneiros. O porta-voz da polícia, Tibério Freitas, explica o que está acontecendo.

“Quanto a fiscalização de caminhões, não há nenhuma orientação nova”, ele confirma. Entretanto, há pouco tempo profissionais recém-formados começaram a operar nas estradas. “O que acontece agora é que policiais que acabaram de sair do curso de formação estão na pista”. Tibério enfatiza que os profissionais estão mais experientes e já sabem como fiscalizar.

Por causa desses novos profissionais, as fiscalizações foram intensificadas, pois os agentes aumentaram em número. “Além da fiscalização, também há o combate ao tráfico de drogas e caminhão também é um veículo que nós averiguamos”, afirma.

Tibério diz que o tráfico de drogas utiliza esse tipo de veículo para fazer o transporte ilegal. “Infelizmente. Mas nada em especial com os caminhoneiros”, avisa.

As penas para quem rouba, recepta e compra carga roubada foram aumentadas em 2019 pela Lei 13.804. Transportar carga ilegal agora pode fazer o motorista ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) cassada.

O crime de receptação inclui situações em que alguém tenta fazer com que outra pessoa, de boa fé, compre, receba ou esconda essa mercadoria ilegal. A norma penaliza motoristas que forem coniventes com o roubo de cargas e altera o Código de Trânsito Brasileiro.

A lei determina agora que o condutor de veículo utilizado para a prática de receptação, descaminho e contrabando, caso seja condenado por um desses crimes, terá sua CNH cassada ou será proibido de obter a habilitação para dirigir pelo prazo máximo de cinco anos.

 

Por Pietra Alcântara

1 COMENTÁRIO

  1. Não sei não em ….
    O aumento de polícias tem relação com o aumento de locais onde os veículos são apreendidos?
    É obrigatório essa regra ?
    Ou só em Registro -sp está acontecendo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados