segunda-feira, abril 19, 2021

Motoristas e comerciantes fazem protesto por fase vermelha em São Paulo

Na manhã desta sexta-feira, 5, motoristas e comerciantes do Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) fizeram um protesto contra o avanço para a fase vermelha no estado de São Paulo. Os manifestantes fecharam várias faixas das três pistas do início da Marginal Tietê sentido Rodovia Ayrton Senna.

protesto por fase vermelha em São Paulo
Foto: Marcos Trevizan

Os manifestantes pediram que caminhões, ônibus, vans e veículos de entrega se unissem ao protesto. Embora, teoricamente, só aderisse quem quisesse, caminhoneiros parados no local informaram que estavam impedidos de seguir viagem.

Grande número de pessoas sem máscara foi visto circulando entre os veículos parados.

Com a piora da pandemia, todos os 645 municípios do estado regrediram para a fase vermelha do Plano São Paulo, a mais restritiva de todas. Nela, só é permitido o funcionamento de serviços considerados essenciais como indústrias, mercados, farmácias, padarias e postos de combustíveis.

A lista do que pode ou não funcionar durante esta fase, você pode conferir clicando aqui.

Motivo do protesto 

As faixas exibidas pelos manifestantes se mostravam contra a fase vermelha em São Paulo e contra o governador João Dória. Entretanto, tanto transporte quanto o comércio de alimentos fazem parte dos serviços essenciais e estão liberados na nova fase.

protesto por fase vermelha em Sao Paulo
Fonte: Redes Sociais

O aumento do preço dos combustíveis ou o peso do ICMS no valor do diesel não são mencionados nas faixas presentes na manifestação.

Caminhoneiros parados no local afirmaram que o protesto pela fase vermelha não representa a categoria e que está organizado por motoristas de veículos pequenos de entrega.

“Se eu pudesse seguir viagem eu ia, mas eles não deixam caminhão passar, só carro pequeno, ônibus e ambulâncias. Esse movimento não tem nada a ver com caminhoneiro.”
Afirma Marcos Trevizan, que está carregado e seguindo para Guarulhos.

Fase vermelha

O estado de São Paulo entra na fase vermelha a partir das 0h deste sábado e deve manter-se nela até 19 de março. O objetivo é frear o aumento no número de casos, mortes e internações.

Até essa quinta-feira, São Paulo registrou 60.694 mortes e 2.080.852 casos confirmados do novo coronavírus durante toda a pandemia. Ontem, a taxa de ocupação das UTIs com pacientes da covid-19 no estado chegou a 77,4%, a mais alta desde o final de maio de 2020.

 

Por Paula Toco

5 COMENTÁRIOS

  1. Eu estava no Cebolão fila da rodovia Castelo Bco, a princípio pararam todos com paus e pedras, mas na sequência chegou a PM pra liberar veículos e ônibus, mas deixaram todos os caminhões parágrafos, quando resolvi ir em frente faixas estavam jogadas no chão e os cabeças de greve haviam sumido, mas mesmo assim a POLICIA não liberou os caminhoneiros, pois a maioria queria seguir em frente mas ficaram com medo.
    Aí eu pergunto o dever do estado é não garantir o direito de todos , porque não liberaram o trânsito.
    Fica a pergunta de que é o real interesse, dava a impressão que a PM tinha interesse pois podiam é não cumpriram com sua missão.

  2. Gente eu acho que essa vacina precisa ser na turma mais nova tenho 30 anos sou casado e tenho 3 filhas sou linha de frente trabalho com caminhão na entrega em cidades e vou ser vacinado só em junho, é pá kba.
    Os idosos tem consciência de ficar em casa já são aposentados não precisam mais trabalhar eu preciso.

  3. Esse é nosso país Nunca muda entra sai presidente , e nada esse presidente . é pior que lula na questão de lula pelo menos tinha emprego e agora não tem porra nenhuma

  4. e não sou petista mas qualquer pessoa que lembra da presidência de lula ele roubou mas fez pelo trabalhador , quem colocou o lula na cadeia foi a globo e os banqueiro do brasil . porque o pobre esta se tornando classe media

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados