quinta-feira, setembro 23, 2021

Por que no Brasil não rodam caminhões com cabine americana?

Os modelos de caminhões americanos são famosos ao redor do mundo e enchem os olhos dos amantes das estradas, por suas cabines espaçosas e modelos de veículos bicudos. A estética e o conforto desse tipo de caminhão faz com que muitos se perguntem por que não vemos modelos assim rodando pelas rodovias brasileiras. Você sabe por que no Brasil não rodam caminhões com cabine americana? Venha com a gente que nós explicamos!

 

Legislação brasileira x norte-americana

O órgão que define as dimensões legais para caminhões no Brasil é o Conselho Nacional de Trânsito. Segundo o Contran, as dimensões máximas permitidas na Resolução nº 12/98 artigo 1º se referem ao comprimento total do veículo, que é medido baseando-se no comprimento do cavalo + o implemento. Na legislação brasileira, o cavalo mecânico e a carreta são medidos como um só. A dimensões máximas permitidas pela lei por aqui são:

  • Veículo simples: 14,0 m

  • Veículo articulado: 18,15 m

  • Veículo com reboque: 19,80 m

  • Veículo biarticulado: 30,0 m

Na legislação norte-americana – que é bem diferente da nossa, incluindo o detalhe de que por lá cada estado tem sua própria legislação – as dimensões variam. Mas o ponto que define porque as cabines americanas, mais espaçosas, são permitidas por lá e não por aqui, é a forma como as dimensões do caminhão são calculadas.

Ao contrário do Brasil, que considera o conjunto cavalo + carreta na hora de medir, nos Estados Unidos essa medição considera apenas a carreta. Essa diferença de medição permite que as cabines sejam bicudas e bem mais espaçosas que aquelas que rodam pelo nosso país, já que suas dimensões são livres. Confira no link (em inglês) as especificações da legislação norte-americana.

Por que as montadoras no Brasil não reduzem a carreta para aumentar a cabine? Porque, para quem carrega, é economicamente inviável diminuir a capacidade de carga para aumentar a cabine de maneira expressiva.

 

Quem defende a cabine americana?

Muita gente defende esse modelo de cabine e gostaria que elas fossem viáveis também em nosso país. Há quem diga que falta incentivo das montadoras. Será? Essas empresas estão sujeitas à legislação do país e fabricar caminhões que ninguém vai querer comprar não parece ser um bom negócio para elas.

Outro argumento usado a favor das cabines americanas é a segurança: de fato, uma cabine bicuda protege o motorista em caso de colisões, dianteiras ou traseiras.

Mas uma cabine maior aumenta também o consumo de diesel, o que não é bom para o estradeiro, já que agora a Petrobrás adota uma política de ajuste de preços de acordo com o preço internacional do petróleo, atualizando-os quase todos os dias e, ultimamente, subindo os preços cada vez mais. Se o frete hoje já não está cobrindo o diesel, imagine com um caminhão que gasta mais. 

 

E você, também acha que esse tipo de cabine deveria rodar pelo nosso país? Por que? Nos conte nos comentários ou nas redes sociais do Pedro Trucão.

 

Por Pietra Alcântara

16 COMENTÁRIOS

  1. Queridos amigos, quanto o aumento do consumo do diesel, vale salientar que a parte do quinhão que cabe a Petrobrás é bem menor em relação a carga tributária do preço do litro do diesel. Vale salientar que os motoresque equipam os cargueiros americanos passam dos 500cv, motivados, dentre outros aspectos, pelo preço do comvustível.

  2. Os caminhões americanos são todos eles montados em alumínio, a estrutura da cabine é feita em alumínio reforçado e o chapeamento e feito em alumínio comum, chega a ser mais leve que muitos caminhões brasileiros. Um exemplo é o international 9200 e 9800.

  3. Uma boa ideia para diminuir o consumo do diesel é fabricar caminhões com cabine de alumínio .
    Pois fica muito mais resistente , não enferruja , e fica muito mais leve .
    O Brasil precisa se aprimorar .

  4. Isso é balela, a legislação brasileira é burra, e nunca quis se aprimorar, especialmente, no quesito segurança, tecnologia e satisfação de quem conduz um caminhão nas estradas horrorosas do país.

  5. Gostaria de fazer um abaixo assinado,com todos que querem a modernidade em tecniologia e conforto em caminhoes,sendo eles americanos.E que pretendo fazer o TCC,CONLUSAO do meu curso de direito,sobre a alteraçao da lei e implantando um sisterma de caminhoes modernos em transporte e logistica em transporte terrestre……DIREITO TRIBUTARIO!!!!!!

  6. A verdade é que não existe respeito pelos motoristas! As empresas visam apenas o lucro e as necessidades de conforto mínimo dos trabalhadores não existem. Eu trabalho na Europa e digo em verdade, aqui é até pior. Cabines pequenas e não tem cozinha. As leis são feitas conforme o desenvolvimento da sociedade e a sociedade Norte-americana não aceita a falta de condições no trabalho. Aqui na Europa os lucros são enormes, as cabines são pequenas e as condições de trabalho são as piores.

  7. BOM DIA MEUS AMIGOS TENHO MEU CONJUNTO MAS SÓ TEMOS CAMINHÕES ESTILO AMERICANOS NO BRASIL POR QUE O POVO BRASILEIRO ACEITA TUDO É QUALQUER COISA CAMINHÕES BRASILEIRO TINHA QUE SER MUITO MAIS CONFORTÁVEL POR QUE O DIA A DIA DOS MOTORISTAS SÃO MUITO ESTRESSANTE E MESMO ASSIM O POVO NÃO DÁ VALOR.

  8. TÁ NA HORA DO BRASIL SAIR DAS CAVERNAS E SEGUIR A TECNOLOGIA DE PONTA DA EUROPA E EUA DAR MAIS CONFORTO AOS MOTORISTAS JA QUE A CASA DELES E O CAMINHÃO 1 TABELAR O PREÇO DO DIESEL 2 AUMENTAR O PREÇO DOS FRETES 3 DIMINUIR O VALOR DOS PEDÁGIOS PARA OS CAMINHÕES 4 IMPOR AS EMPRESAS DE TRANSPORTE QUE CUMPRAM A TABELA DE DESCANSO DOS MOTORISTA COMO É NOS EUA LÁ E OBRIGATÓRIO O MOTORISTA PARAR E DESCANSAR A CADA 3:30 LÁ OS MOTORAS TEM QUE FICAR PARADOS MEIA HORA P DESCANSAR)FAZENDO ISSO OS ACIDENTES DIMINUEM O MOTORA TEM MAIS DISPONIBILIDADE

  9. Caminhões bicudos são mais seguros sempre serão e quanto ao consumo os caminhões americanos têm em média 500 cavalos assim como os novos volvos scania mercedes Volkswagen o consumo na ponta do lápis da no mesmo o que quebra as pernas do brasileiro sempre será imposto seja no combustível alimento etc a scania não é brasileira volvo não é brasileira Volkswagen também não

  10. Meu deus, que razões estúpidas para impedir a venda desse tipo de caminhão por aqui. É inviável para as empresas e caminhoneiros? Porque não deixam o mercado e os usuários decidir isso ao invés de criar regras que impedem as pessoas de tomarem suas decisões e definir se o mercado deve ou não oferecer essa opção? Um absurdo esse país… inacreditável. Sem falar no protecionismo estúpido para produtos que nem possuem representatividade na indústria nacional (como boa parte dos eletrônicos).

  11. Caminhoneiros, o fato da legislação ser assim no Brasil tem muito mais a ver com as leis sobre as dimensões das industrias e comercios do que com o proprio caminhao. essas cabines são bem grandes, e a grande maioria das nossas fábrincas e comercios e inclusive as vias que dão acesso a eles não tem dimensões para permitir que veciulos com esse tamanho consiga circular e fazer as manobras.

  12. Quanto da para aumentar na cabine? Pois um metro a mais ja da para ter um banheiro. Pois banho em postos de combustiveis , nem sempre tem. Ja vi um bom espaço entre cavalo e carreta em alguns caminhoes. Acho que da para fazer alguma coisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados