quarta-feira, outubro 21, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Nome sujo: confira a lista de empresas que estão renegociando dívidas

- Publicidade -

Neste mês de dezembro, bancos e serviços de proteção ao crédito estão promovendo feirões para renegociações de dívidas em todo o país. Os descontos anunciados vão até 98%, com novos parcelamentos e redução de taxa de juros. Essa é a chance de colocar as dívidas em dia para quem tem o nome sujo.

Leia também: Quem está com nome sujo pode carregar?

nome sujo

Leia também: Como o estradeiro pode guardar dinheiro?

Serasa e SPC estão inclusos nessa, além do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú, Santander e Banrosul.

Algumas agências terão atendimento presencial e personalizado com horário estendido até as 20h entre 2 e 6 de dezembro para quem está com o nome na praça, ou nome sujo.

Confira as informações a seguir:

 

Feirão Serasa Limpa Nome

  • De 4 de novembro a 1º de dezembro;
  • Opções: online pelo site ou aplicativo;
  • Até 98% de desconto e negociação do parcelamento;
  • Parceiros: Santander, Itaú, Recovery, Ativos, Net, Claro, Embatel, Anhaguera, Credsystem, Ipanema, Unopar, Sky, Nextel, Banco BMG, Digio, Hoepers, Porto Seguro, Tricard, Oi, Zema, Unic, Fama, Pitágoras, Uniderp, Unime;
  • Saiba mais no link.

 

SPC Brasil

  • De 21 de novembro a 15 de dezembro;
  • Opções:  11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR);
  • Até 98% de desconto e negociação do parcelamento;
  • Parceiros: mais de 120 empresas, entre bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras e supermercados;
  • Saiba mais no link.

 

Banco do Brasil

  • De 2 a 6 de dezembro;
  • Opções: agências e canais de atendimento online;
  • Até 92% de desconto, prazos que podem chegar a 120 meses e com até 180 dias de carência. O banco também oferece, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação. Podem participar os clientes pessoa física que possuam operações de crédito vencidas, independentemente da faixa de renda, e com mais de 30 dias de inadimplência;
  • Saiba mais no link.

 

Banrisul

  • De 2 a 6 de dezembro;
  • Opções: todas as 516 agências no país e site;
  • Até 90% de desconto para pagamentos à vista; parcelamento em até 96 meses e taxa de juros a partir de 0,69% ao mês;
  • Saiba mais link.

 

Bradesco

  • De 2 a 6 de dezembro;
  • O Bradesco ainda não divulgou detalhes do mutirão.

 

Caixa

  • De 2 a 6 de dezembro;
  • Opções: nas agências, nos caminhões da adimplência (Araraquara/SP, Pelotas/RS, Araguari/MG e São Luís/MA) e nos canais remotos de atendimento;
  • Os clientes podem quitar dívidas em atraso há mais de 1 ano com até 90% de desconto para pagamento à vista, além de unificar os contratos em atraso, parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação e renegociar o parcelamento. As condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação;
  • Saiba mais no link.

 

Itaú Unibanco

  • De 2 a 6 de dezembro;
  • Opções: nas agências, central telefônica e canais de atendimento online;
  • Taxas reduzidas, a partir de 1,99%, para débitos com mais de 90 dias de atraso. Prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano, ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas, ou parcelamento em até 60 meses.

 

Santander

  • De 2 a 6 de dezembro;
  • Opções: os locais serão divulgados neste site;
  • Clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Para acordos com atrasos acima de 60 dias, descontos de até 90% no valor total da dívida.

 

Negocia Fácil e Credz

  • Até 8 de dezembro;
  • Opções: pelo site;
  • Parceiro: Administradora de cartões de crédito Credz;
  • Até 90% de desconto e negociação do parcelamento;
  • Saiba mais no link.

 

Por Pietra Alcântara com informações do UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados