terça-feira, dezembro 7, 2021

Obras do trecho norte do Rodoanel seguem paradas

Iniciada em 2013, as obras do trecho Norte do Rodoanel parecem que nunca chegarão ao fim. Suspensa desde 2019, a construção da via vem se arrastando há alguns anos com várias paralisações, problemas contratuais e falhas em diversas estruturas da obra.

Por meio das matérias e reportagens aqui do Pé Na Estrada, sempre acompanhamos a evolução do Rodoanel Mário Covas, desde o início de sua construção em 1998, até o atual momento de impasse com o último trecho a ser concluído. Nesse sentido, visitamos alguns pontos da rodovia para conferir o real estado de conservação do trecho norte e quais são os planos do Governo de São Paulo para enfim entregar o Rodoanel por completo.

O Trecho Norte e os percalços nas obras

Com 44 quilômetros de extensão, o último trecho do Rodoanel está localizado nas proximidades da Marginal Tietê e da Rodovia Presidente Dutra. Quando concluída, a autopista será uma via de suma importância para cidades da Grande São Paulo como Guarulhos e Arujá, além de alguns bairros da zona norte da Capital Paulista. 

A conclusão da obra deve gerar grande desafogo aos caminhoneiros que necessitam atravessar São Paulo. Com a interligação entre os quatro pontos da rodovia liberadas aos condutores de veículos pesados, seria possível evitar o conflito com o fluxo de veículos nas ruas e avenidas da cidade, além das restrições de horário impostas em diversos trechos, como nas Marginais, por exemplo.

Os grandes empecilhos para a entrega do trecho são as inúmeras investigações de corrupção na realização da obra, como a operação “Pedra no Caminho” deflagrada em 2018, que constatou casos de superfaturamento e irregularidades contratuais, bem como os vários problemas estruturais como erosões e falhas em pontes e túneis, identificados através de análise realizada pelo Instituto de Pesquisa Tecnológicas, o IPT, em fevereiro de 2020. 

Assim, a conclusão da rodovia vem sendo postergada há muitos anos, com inúmeras promessas e nenhuma ação concreta dos responsáveis pela construção. Ao todo, já são cinco anos de atraso, com base no primeiro prazo de entrega, estipulado para 2016.

A situação do Trecho Norte

A nossa equipe visitou alguns pontos do Rodoanel Norte entre as cidades de Guarulhos e Arujá. Imagem: PNE
Trecho do Rodoanel Norte em Guarulhos (SP). Imagem: PNE

Nós visitamos alguns pontos do trecho norte entre as cidades de Guarulhos e Arujá, para observarmos em que estado se encontra a rodovia. A primeira vista, o sinal é de abandono em determinados locais, com mato alto em volta das pistas, alguns materiais se deteriorando nos canteiros de obras, além de pequenos lagos se formando embaixo de viadutos. Também foram notados problemas estruturais em pontes, onde é possível observar fundações expostas em algumas pilastras. 

Levando em conta a falta de manutenção e a degradação aparente do entorno, a má conservação da estrada é um dos pontos negativos a se destacar nesta visita. Com a chegada do período de chuvas na região, a situação tende a piorar. 

Uma pessoa encarregada pela segurança de um trecho da obra na região de Guarulhos, nos informou que alguns pontos da estrada nas proximidades da cidade, são utilizados como área de lazer por moradores de bairros vizinhos à rodovia em feriados e fins de semana.

Os caminhoneiros que rodam pela Capital e por estradas da região, como a Via Dutra, por exemplo, afirmam que a conclusão das obras seria de suma importância para tornar as viagens mais rápidas, evitando a necessidade de trafegar pelas Marginais e outras vias internas da cidade. 

O atual planejamento do Governo de São Paulo para a conclusão das obras

Obras do Rodoanel Norte seguem paradas
Imagem: PNE

Em maio de 2021, o Governo do Estado de São Paulo anunciou um novo modelo de concessão para a estrada, em prol da conclusão do trecho. A princípio, a empresa vencedora terá como obrigação a realização do término das obras, sem receber nenhum aporte financeiro da gestão pública, mas tendo o direito de explorar quatro pontos de pedágio da via durante os 30 anos de concessão previstos no edital. As obras estão previstas para serem reiniciadas no primeiro semestre de 2022 e entregues em 2023.

O Governo Estadual também estima que, para a conclusão das obras do Rodoanel Norte, será necessário investir cerca de R$ 2,6 bilhões no Capex (despesas para conclusão da obra) e de R$ 1,5 bilhão de Opex (despesas de operação do trecho pedagiado). Até o momento, o trecho norte do Rodoanel já custou mais de R$ 6,3 bilhões, 50% acima do valor previsto inicialmente segundo o TCE, Tribunal de Contas do Estado.

Vale destacar que será necessário também um bom trabalho por parte da nova gestora da rodovia para atrair caminhoneiros até o novo trecho, visando a arrecadação de renda com os pedágios para a manutenção da estrada.

O professor Vladimir Maciel, Coordenador do Centro Mackenzie de Liberdade Econômica, afirma que o Rodoanel atualmente não é uma via atrativa aos caminhoneiros, justamente por não possui pontos de parada como postos de combustível, por exemplo, um dos motivos de reclamações de muitos condutores que se sentem inseguros ao trafegar em alguns trechos da estrada. Segundo ele, um pedágio rentável a veículos pesados, seria uma saída para trazer os estradeiros à autopista.

No ultimo domingo (31/08), dentro do Programa Pé na Estrada, falamos um pouco mais sobre a situação do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas em matéria especial do Jornalista Jaime Alves.

Veja Também: ANTT divulga início da consulta pública sobre os pisos mínimos do frete

 

Por Daniel Santana

2 COMENTÁRIOS

  1. Como sempre o roubo e a ganância dos políticos, que não servem pra nada, a não ser para atrasar e destruir a vida e a dignidade dos cidadãos de bem e trabalhadores honestos, deste pais. onde a corrupção e corruptores são protegidos por eles mesmos.

  2. O projeto verdadeiro do Rodoanel é bem antigo, inicialmente tinha até paralelamente um ferroanel o que foi descartado em prol do lobe das transportadoras e montadoras de caminhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados