quarta-feira, setembro 23, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Operação da PRF causa impacto de R$ 1 bilhão no crime organizado

- Publicidade -

No último domingo, 16, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, a quarta fase da Operação Tamoio. A operação da PRF causou impacto de quase R$ 1 bilhão às organizações criminosas e é considerada pela polícia como a maior operação de enfrentamento à criminalidade realizada por eles.

Leia também: Agora vai? Governo define 9 locais como pontos de parada

operacao da prf
Operação da PRF aprendeu 1,9 tonelada de maconha em caminhão caçamba em Jaraguari (MS) | Imagem: PRF/Divulgação

Apenas em sua fase inter-regional os prejuízos estimados atingem a soma de mais de R$ 151,2 milhões.

 

Sobre a operação

A Operação Tamoio IV foi coordenada em macro-regiões: fronteira, centro-sudeste e norte-nordeste. Da fronteira ao litoral, o trabalho “fechou o cerco” nos principais corredores logísticos multimodais, rota de saída ou entrada do país no transporte de ilícitos.

Em seis dias, a PRF fiscalizou mais de 190 mil veículos e 168 mil pessoas. Como resultado, foram tiradas de circulação mais de 20,5 toneladas de maconha e mais de 770 Kg de cocaína e derivados. Essas apreensões totalizaram um prejuízo de mais de R$ 112 milhões ao narcotráfico.

Relacionado ao tráfico de drogas está também o tráfico de armas. Nesse quesito, os criminosos tiveram um prejuízo de cerca de R$ 154 mil, com a apreensão de 51 armas de fogo e 626 munições. Os contrabandistas de cigarros sofreram um desfalque de 4,8 milhões de maços do produto, o que equivale a quase R$ 24 milhões.

O que também chamou atenção nessa edição da Tamoio foi o quantitativo de dinheiro apreendido. Em notas de Real e Dólar, os agentes flagraram o transporte de mais de R$ 4,2 milhões sem origem declarada. Ainda, 196 veículos com registro de roubo ou furto foram recuperados e, no total, 1,081 pessoas foram detidas por esses e outros crimes.

 

Adaptado de PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados