sexta-feira, janeiro 15, 2021

Operação para transporte de turbina interdita BR 135 no MA

- Publicidade -

Já imaginou como funciona o transporte de turbina geradora de energia? Uma operação de transporte deste tipo está acontecendo neste momento, para levar a turbina de São Luís do Maranhão até o município de Santo Antonio dos Lopes (MA).

A combinação da turbina com o conjunto que a transporta possui 106 metros de comprimento, excedendo em muito os limites regulamentares de tamanho, largura, altura e, especialmente, de peso, cuja distribuição foi para dezenas de eixos e cerca de 340 pneus.

Leia também: Pedágio aumenta em 12 praças no interior de SP

transporte de turbina
Imagem: PRF/Divulgação

Todo percurso é realizado com o batedores da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que garante a segurança, a passagem do comboio e realiza a abertura e o fechamento da via quando necessário.

A turbina produzirá energia a partir do uso de gás natural. O equipamento, que pesa mais de 360 toneladas, foi produzido nos EUA e chegou ao Maranhão embarcado no navio BBC Echo.

O embarque aconteceu no Porto de Albany, no dia 13 de outubro e chegou no Porto do Itaqui, em São Luís, no dia 23 de outubro. Desde então os responsáveis pelo transporte se mobilizam para definir com a PRF e outras autoridades a logística de deslocamento pela BR 135.

 

Uso de sobrepontes

A soma do peso da turbina, mais o conjunto que a transporta é superior a 650 toneladas e a maioria das pontes de concreto não suportam tanto peso.

Na operação, a empresa responsável utilizou uma tecnologia chamada pelo supervisor de transporte como “sobreponte metálica modular”, inédita no país. O equipamento é uma ponte metálica instalada sobre as pontes de concreto para evitar que as mesmas sejam danificadas. Cada operação de montagem e desmontagem da sobreponte metálica modular demora cerca de cinco ou seis horas.

A título de exemplo, as sobrepontes aplicadas na Europa são formadas por partes de metal e complementadas com peças de madeira. Elas são transportadas totalmente desmontadas, o que demora mais tempo para a realização da operação.

A sobreponte utilizada na BR 135, por outro lado, é uma peça dobrável, leva menos tempo para manusea-la. Outra vantagem é que a sobreponte metálica modular não se apoia na ponte de concreto, o que a protege de desgaste.

 

Dias de viagem

Nos três primeiros dias os deslocamentos ocorreram no período diurno, e desde então, o transporte vem sendo realizado durante a noite, das 23h às 05h da manhã do dia seguinte. Esta foi a maneira encontrada que menos impacta o deslocamento na BR 135.

No Maranhão, a BR 135 é a única ligação terrestre entre a Ilha de São Luís e o continente. Além disso, a rodovia só é duplicada nos primeiros 50 quilômetros.

Os deslocamentos ficaram mais curtos devido a grande quantidade de pontes. A transposição de cada uma demora entre cinco e seis horas. A previsão de chegada a Santo Antonio dos Lopes é dia 11 de dezembro.

 

Adaptado de PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados