Está suspensa a cobrança do pedágio de Encantado, no Rio Grande do Sul. A decisão aconteceu no início do mês, quando a juíza Jacqueline Bervian determinou a abstenção de cobrança de tarifas, pelo uso das ERS 129 e 130.

Veja também: Pedágios do RJ serão obrigados a aceitar cartão

pedagio de encantado
Imagem: Natalia Ribeiro

Caso a decisão não seja cumprida pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), a multa diária é no valor de R$ 50 mil.

A juíza também solicitou que a empresa apresente um plano dos investimentos já realizados nas ERS, no prazo de 15 dias.

Além disso, determinou que a EGR realize obras de reparo nas ERS 129 e 130, nos trechos entre as cidades de Lajeado e Guaporé. O prazo é de 60 dias, com previsão de multa diária de R$ 10 mil, segundo o Informativo.

 

Recurso para cobrança do pedágio de Encantado

Os recursos do Estado e da EGR foram recusados pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) na última terça-feira, 13.

De acordo com a decisão do desembargador Irineu Mariani, a cobrança do pedágio de Encantado, na ERS-130, vai continuar suspensa. As informações são do Estradas.

 

Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here