O Produto Interno Bruto (PIB) gerado pelo setor de transporte caiu 2,4% no primeiro trimestre de 2020, na comparação com o último trimestre do ano anterior. Os dados referentes ao PIB do transporte são do Boletim Conjuntura do Transporte, publicado pela CNT.

Leia também: Ministro da Infraestrutura apoia fim da pesagem por eixo

pib do transporte
PIB do transporte cai 2,4% no primeiro trimestre do ano

Isso mostra que o setor foi bem afetado pela pandemia da covid-19. Para o ano de 2020, a CNT acredita que o segmento tende a ser um dos mais afetados nesta crise, com forte redução na comparação com o ano anterior. 

Dados mostram que a queda foi mais intensa do que a média da economia, que encolheu 1,5% na mesma base de comparação. Na confrontação com o primeiro trimestre de 2019, a retração do PIB do transporte foi de 1,6%, ante encolhimento de 0,3% da economia como um todo naquele ano.

 

Economia do país

Para a CNT, antes da pandemia a economia do Brasil já dava sinais de dificuldades de recuperar os prejuízos da recessão de 2014-2016. Alguns desses sinais eram investimentos em queda, elevada ociosidade da mão de obra e de máquinas e equipamentos e enfrentando problemas no setor externo.

A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano chegou a 6,25%. Essa foi a 16ª revisão seguida para a estimativa de recuo do PIB do país. Na semana passada, a previsão de queda estava em 5,89%.

A estimativa consta do boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central, com a projeção para os principais indicadores econômicos. As informações são da Agência Brasil.

 

Por Pietra Alcântara com informações da CNT e Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here