Vendo a maior parte do faturamento ficando na estrada, sobretudo, nos postos de combustível, o autônomo Hélio dos Santos, de Pernambuco, pensa em estacionar o caminhão e procurar emprego. É o que ele diz nesta entrevista ao nosso repórter Jaime Alves. Aperte o play e confira.

3 COMENTÁRIOS

  1. A maior pilantragen quer vem acontecendo fora todos os custos altos, é vc apoiar que queira que o autônomo vai trabalha de empregado para transportadoras, pq se pagamos o caminhão deles EX: um nove eixo valor parcela uns 15 mil. Pq não podemos pagar o nossos, sabe pq por vcs só querer para com os autônomos. Põe o frete igual transportadora que aí vc vai ver quem mais vai trabalha de empregado. Vcs Ex penaestrada sempre do lado das transportadora vira mais para o lado do autônomo. Faz um teste paga msm frete de transportadora para autônomo fica a dica, fica a dica seus mercenários

  2. Eu tenho caminhão se e pra mim trabalhar de emprego eu não vou ,eu arrumo outro serviço mais dirigir caminhão dos outros eu não aí sofrer de mais? Eu só queria poder trabalhar no meu . Mais é felizmente o nosso país e dos mais recos , eu até tralharia se o salário fosse ums 15,000,00 reais

  3. Boa tarde meu amigo é amiga , enquanto estiver motorista carregando o tal do frete retorno sempre vai ser assim temos que cobrar pelo frete justo e não ficar Carregado carga de graça para transportadora e atravessador eu prefiro anda vazio do que carregar de graca o tal de frete retorno

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui