Falta de motoristas nas transportadoras. Entrevistamos um empresário para falar sobre um dos principais motivos para este problema: salário baixo. Aperte o play e confira a entrevista do nosso repórter Jaime Alves com Roberto Fantinati, diretor da FTi Logística.

9 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde nunca foi pia um motorista quando deixa sua casa e vai trabalhar ele só tem descanso quando retorna e isso muitas vezes e 69 dias em tão ele tinha que quanhar pelo tempo que fica longe os empresários só enveste em frota e esquece que para a frota deles trabalhar tem que ter um profissional eles valoriza mais o pessoal do escritório que o que realmente faz acontecer

  2. Motorista só tem valor a hora que tem que cumprir horários
    Depois não dão valor ao mesmo As frotas o patrão dis que custa meio milhão depois paca essa micharia ao Motorista

  3. O profissional anda com um conjunto que pode chegar ao valor de um milhão de reais e o empregador acha muito alto o salário do motorista? Quem vai cuidare zelar pelo patrimônio? Motorista sério, que tem foco e faz um trabalho correto tem, sim que ser bem remunerado.

  4. É no mínimo maquiavélico o tema de reflexão. Como pode um formador de opinião, perguntar se o salário é suficiente, como se vc fosse obrigado a receber apenas o “suficiente”. O seu salário Pedro Trucão , é suficiente para sustentar seus subsídios familiares e pessoais ? Provavelmente sim. Então devolva ao seu empregador o “excedente”.

    O tema de reflexão, deveria ser ; O salário do motorista é justo ?

    Afinal há um limiar entre essas duas ideias. Suficiente provavelmente sim, mas justo provavelmente não. Qual é o valor justo para um pai de família que fica 30 a 50 dias fora do seu ambiente familiar ? Qual o valor justo, para um pai que perder todo o crescimento de seus filhos, e junto perde-se o vínculo afetivo, em prol de um conforto para os mesmo? Não há um valor, nada paga esse sacrifício.

    Assim, é necessário equalizar entre o salário justo e o possível, em de forma alguma analisar se é “suficiente”. Digo “possível”, pq é possível sim, que seja mais do que simplesmente suficiente, afinal, as montadoras, todo ano bate recordes de fabricação, com pedidos de lotes de 50 , 100 até 300 modelos , realizados pelas transportadoras. Ou seja, transportadoras cada vez maiores, e motoristas cada vez mais pobres, equalizando no mínimo o tal “salário suficiente” .

    Respeita esses profissionais Sr Pedro Trucão, sem eles, vc não teria “muitíssimo mais do que suficiente” para sua família.

    Foi leviano sua pergunta.

  5. Só ver quem estava na linha de frente na paralização do ano 2018.eramos nois .ficamos na linha de frente jogado e ninguém falou sobre nois funcionário..hoje só acontecerá uma greve daqueles ou pior se algum representante tomar frente para os profissionais..funcionario e outra tínhamos que aposentar com 25 anos de carreira porque com 40 em diante os problemas de saúde já aparece. E são problemas sérios.outra coisa é passar os concursos públicos militares para uma idade mais elevadas pelo no menos até 45 anos muitos deixou de seguir uma carreira militar para essa profissão..e muitos hoje gostaria assim como eu de virar Militar.

  6. Motoristas de caminhão no Brasil. é na Europa e muito discriminado, ganha pouco demais.ainda fica essa deputaiada inventando modas.todo ano é exames é leis pra erracardar dinheiro..absurdo.tem mesmo que abodonar, essa geração nova está certo..de não querer isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui