sexta-feira, setembro 24, 2021

Postos de fiscalização da SP-330 e SP-322 passam operar com sistema de pesagem em movimento de caminhões

No início de setembro, os postos gerais de fiscalização instalados nos kms 373 e 448 da rodovia Anhanguera (SP-330), na altura das cidades de Orlândia e Igarapava, passaram a contar com um sistema de pesagem em movimento de alta velocidade de caminhões, o WIM (Weigh in Motion). 

A tecnologia registra o peso, tamanho e outras medidas do caminhão, sem que o veículo precise entrar na balança ou nos postos. Só serão direcionados às balanças, os caminhões que estiverem com peso ou dimensões (largura ou altura) muito próximos dos limites da respectiva categoria, para que seja possível uma verificação mais precisa dessas características.

A Entrevias é a primeira concessionária no Brasil a operar o sistema WIM. Segundo ela, o WIM irá contribuir para a redução do tempo de viagens e melhorar a performance da logística de entregas e de escoamento de produtos no país.

Veja também: Debate sobre pesagem de caminhões opõe setores de transporte e de infraestrutura viária

Rodovias que terão a tecnologia

O sistema de pesagem em movimento de alta velocidade está instalado em 4 pontos:

  • Rodovia Anhanguera (SP-330): km 373+000 norte e sul – próximo à cidade de Orlândia
  • Rodovia Anhanguera (SP-330): Km 448+000 sul – próximo à cidade de Igarapava
  • Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322): Km 358+000 leste – próximo à cidade de Pitangueiras

Como funciona o sistema de pesagem em movimento?

A concessionária instalou pórticos sobre as faixas de rolamento que estão equipados com câmeras com capacidade para identificação de placas (OCR), leitoras de tags de radiofrequência, scanner laser e câmeras panorâmicas.

No pavimento das rodovias, foram instalados os sensores de peso e, com a integração dos equipamentos, é possível detectar a classificação do veículo, o peso bruto total, peso por eixo e por conjunto de eixo, além de identificar a placa de veículo, suas dimensões (altura, largura, comprimento).

Clique aqui para ver o vídeo divulgado pela Entrevias de como irá funcionar o WIM.

Caminhoneiros aprovaram

Em entrevista à Entrevias, caminhoneiros aprovaram o novo sistema: “É mais prática e economiza nosso tempo. Principalmente quando o caminhão já foi descarregado e está vazio, ele não precisa ficar em filas”, disse Genésio José.

Seu colega de trabalho, Leonardo da Silva, concordou: “seria excelente se em todas as rodovias tivessem esse tipo de balança, nosso tempo de viagem ficaria mais curto”. 

Para informar os caminhoneiros sobre o sistema, a concessionária realiza uma campanha de comunicação, apresentando o funcionamento do sistema e suas vantagens.

 

Por Wellington Nascimento com informações de Entrevias

 

 

 

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados