segunda-feira, abril 19, 2021

PRF faz monitoramento de rodovias usando drones e multa motoristas: mito ou verdade?

Está rolando por aí uma notícia de que a Polícia Rodoviária Federal começou o monitoramento de rodovias usando drones. Segundo as informações, que circulam via WhatsApp, as BRs monitoradas seriam a 116, 101, 381, 040 e 364 e os aparelhos estão multando motoristas. A PRF desmentiu a informação em nota divulgada à imprensa.

Há pouco tempo, outro boato rolava pelo WhatsApp sobre o aumento no valor das multas. Clique aqui e entenda.

monitoramento_de_rodovias_usando_drones

Segundo a PRF, há de fato um projeto em andamento no Mato Grosso do Sul, onde drones são utilizados em rodovias e estradas vizinhas. Mas os robôs estão sendo empregados apenas de forma experimental.

A polícia revelou que o uso dos aparelhos ainda está em análise pela Coordenação-Geral de Operações, para que posteriormente seu uso seja regulamentado como uma ferramenta de fiscalização ordinária. A PRF destacou ainda que o aparelho não está autuando e multando motoristas por meio dos drones.

Confira na íntegra a nota da Polícia Rodoviária Federal:

A notícia de que a Polícia Rodoviária Federal monitora e fiscaliza rodovias com drones, incluindo emissão de autos de infração, mesmo que tenha uma consequência positiva – maior cuidado ao dirigir, é falsa. 

Temos um projeto em andamento no Mato Grosso do Sul, onde drones são utilizados em determinadas situações como bases elevadas de observação em rodovias e estradas vicinais, e isso com todos os requisitos necessários atendidos: homologação ANATEL, licenças DECEA e ANAC etc. 

Ainda está em estudo pela Coordenação-Geral de Operações a ampliação do projeto para outros estados e a regulamentação do uso da ferramenta na fiscalização ordinária.

Você sabe como identificar uma notícia falsa? Leia a matéria e não caia mais nessa!

 

 

E você, recebeu essa notícia? Qual sua opinião sobre notícias falsas?

 

Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados