segunda-feira, agosto 3, 2020
- Publicidade -

PRF intensifica combate ao roubo de carga

- Publicidade -

prf_apreende_arma_munições_usadas_roubo_cargasNo dia 26 de janeiro de 2016, a PRF desencadeou mais uma operação de combate ao roubo de carga na Rod. Régis Bittencourt. Um homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma. Um revólver, munições e um carro roubado foram apreendidos. No último dia 23, após troca de tiros, três suspeitos de assaltarem postos de gasolina também foram presos em flagrante. Com eles a polícia apreendeu tocas ninja, arma e munições. A operação foi desencadeada na região da divisa com Estado do Paraná.

No dia 26, às 04:00, no km 30 da Régis, município de Campina Grande do Sul/PR, PRFs suspeitaram de uma caminhonete Fiat Fiorino de cor branca e placas de Curitiba/PR. Ao vistoriarem o interior do veículo, os PRFs encontraram um revólver calibre 38 municiado.

Questionados motorista e passageiro, o segundo, um homem de 43 anos, funcionário de um posto de combustíveis, admitiu a propriedade da arma. Porém, em consultas aos sistemas, constatou-se que na verdade a arma não era de sua propriedade. Além disso, não tinha autorização para portá-la.

Após o registro da apreensão da arma e das munições e da prisão em flagrante do passageiro por porte ilegal de arma, ele pagou fiança e foi liberado para responder criminalmente em liberdade.

Já no dia 26, às 17:00, PRFs receberam denúncia anônima indicando que um automóvel Renault Scenic de cor verde estaria envolvido em roubos de carga no trecho da divisa com o Estado do Paraná.

Durante buscas na região, numa das ruas do Bairro Divisa, zona rural de Barra do Turvo, os PRFs encontraram um automóvel com as características do denunciado. O Renault Scenic, com placas de Quatro Barras/PR, estava abandonado. Ao pesquisarem a sua placa, os PRFs descobriram tratar-se de um veículo roubado no Estado do PR. Segundo levantamento no local, os suspeitos abandonaram o veículo pela manhã, após removerem suas rodas.

Após o registro da recuperação do veículo, ele será entregue ao seu proprietário.

No dia 21, na Rodovia Presidente Dutra, a PRF recuperou uma carga de cigarros e libertou o motorista, que era mantido refém. A policia prendeu o carona, que tinha abordado o condutor da Fiorino em Osasco, na Grande São Paulo. Ainda segundo o motorista, havia um outro veículo “batedor”, com outros assaltantes, mas a PRF não conseguiu localizá-lo.

Como se vê, a PRF está em ação, mas talvez por não estar em número suficiente e pela falta de punição dos que são pegos, muitos ainda acham que vale a pena se arriscar para roubar uma carga. Quem perde com isso, principalmente, é o caminhoneiro, que passa por situações dessas e têm sua segurança totalmente comprometida.

Fonte: PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados