Na última terça-feira, 24, a empresa Caminhos do Paraná, concessionária que administra trechos de rodovias federais e estaduais do estado, anunciou que profissionais da saúde receberão isenção de pedágio. A medida visa ajudar esses profissionais, que trabalham durante o surto de coronavírus no país.

Leia também: 3 ações a favor dos caminhoneiros durante quarentena

isencao de pedagio
Imagem: Caminhos do Paraná/Divulgação

A concessionária tem cinco praças de pedágio nas seguintes rodovias e municípios:

  • BR 277, em Prudentópolis, na região central do Paraná
  • BR 277, em Irati, na região central do estado
  • BR 277, em Porto Amazonas, nos Campos Gerais do Paraná
  • BR 373, em Imbituva, na região central do estado
  • BR 476, na Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba

A isenção de pedágio será válida por 30 dias, segundo a concessionária. Para isso, a empresa informou que órgãos municipais, estaduais ou federais devem solicitar o benefício dos servidores.

Para pedir a isenção do pedágio, as gestões devem enviar a relação de funcionários, cargo, número do registro profissional, placa e modelo do veículo, além da quantidade de passagens diárias, semanais ou mensais.

Caso o carro particular do servidor tenha etiqueta de passagem eletrônica no pedágio, o número também deverá ser informado.

A solicitação pode ser feita pelo e-mail remota1@caminhosdoparana.com.br. De acordo com a concessionária, é preciso enviar a relação em papel timbrado, com a assinatura de um gestor, como secretários e diretores.

Atualmente, as tarifas de pedágio das praças administradas pela Caminhos do Paraná variam entre R$ 12,40 e R$ 14,20 por eixo.

Adaptado de G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here