terça-feira, novembro 24, 2020

Projeto quer alterar limite de PBT para CNH B

- Publicidade -

O Projeto de Lei 3942/20 quer aumentar de 3.500 kg para 6.000 kg o limite de peso bruto total (PTB) da combinação de veículo e unidade acoplada permitida para CNH B. O texto está em tramitação na Câmara dos Deputados.

Leia também: BR 101 Sul terá novas praças de pedágio em 2021

categoria_de_CNH_destaque
Projeto quer alterar limite de PBT para CNH B

A proposta altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em trecho que define as habilitações dos condutores das categorias de A (motos e similares) a E (ônibus, caminhões e similares). A categoria B da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é a da maioria dos motoristas de automóveis.

Pelo texto, os habilitados na categoria B poderão conduzir veículo do tipo motorcasa ou veículo com reboque e similares desde que a soma do peso bruto seja de até 6.000 kg. Em todos os casos, é mantida a lotação máxima de 8 pessoas mais o motorista.

Hoje, a lei diz que a CNH B é para veículos de 4 rodas ou mais, desde que com peso até 3.500 quilos ou até 8 passageiros mais o motorista.

“As principais caminhonetes hoje no mercado, em geral conduzidas por motoristas da categoria B, possuem quase 3.000 kg sozinhas, o que praticamente impede a utilização com reboques e trailers”, justifica o autor do texto, deputado Marcio Alvino (PL-SP).

 

Mudanças no CTB

Recentemente, o Projeto de Lei 3267/19 foi sancionado, alterando vários pontos do CTB. A principal mudança para quem é do trecho são os 40 pontos na CNH, que passam a valer para caminhoneiros, motoristas de ônibus, taxistas, motoristas de aplicativo e moto-taxistas, independentemente da natureza das infrações.

Caso o motorista faça o curso de reciclagem ao atingir 30 pontos, em 12 meses, sua pontuação será zerada. Saiba mais sobre as mudanças clicando aqui.

 

Por Pietra Alcântara com informações da Agência Câmara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados