quinta-feira, outubro 21, 2021

Quarto eixo é permitido no Brasil?

A dúvida sobre a legalidade do quarto eixo é uma questão que sempre aparece por aqui. Dessa vez, quem mandou a pergunta foi o parceiro Rodrigo Moura:

“Tenho interesse em adquirir uma carreta LS com o quarto eixo na própria carreta e até o momento não consegui encontrar na legislação o real peso de balança deste veículo. Vocês podem me ajudar?”

Claro, Rodrigo! Carreta 4 eixos é um assunto complicado. Mas venha com a gente para entender melhor sobre o tema.

Veja também: Por que alguns motoristas dirigem cansados?

 

Pode ou não pode?

Segundo a legislação vigente, não é permitido rodar com o quarto eixos no Brasil. Inclusive, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), produtos com 4 eixos são irregulares.

Mas tem gente que já viu por aí veículos com quarto eixos. Como isso é possível? Há casos em que o proprietário do veículo 4 eixos – que geralmente é encomendado, pois as próprias empresas de implementos não o fabricam – contrata um despachante. A finalidade do profissional é encontrar uma brecha na legislação para fazer com que o veículo possa rodar.

Essa “brecha” consiste em encontrar um órgão certificador do Inmetro e conseguir uma documentação de trânsito obrigatório, que geralmente consta carreta 3 eixos com um eixo adicional. Assim, o veículo consegue rodar em alguns estados.

O próprio Denatran já emitiu uma nota técnica sobre essa prática. O Pé na Estrada teve acesso ao documento, que diz que a Coordenação-Geral de Segurança Viária (CGSV) do Denatran tomou conhecimento por meio de denúncias de que diversas Instuições Técnicas Licenciadas (ITL) têm emido Cerficados de Segurança Veicular (CSV) para atestar a segurança de veículos do po semirreboque modificados para a inclusão de um quarto eixo veicular”.

Primeira página de nota emitida pelo Denatran. Para ver na íntegra, clique aqui.

Na nota, o órgão ainda declara que “esse tipo de modificação não encontra respaldo na legislação de trânsito”.

 

Por que há discordância?

O tema do quarto eixo é complexo porque sua situação de legalidade está em discussão há algum tempo. Na nota técnica do Denatran sobre o assunto, é dito que um estudo técnico sobre o assunto “encontra-se em andamento, ainda sem prazo de conclusão”.

O estudo está sendo realizado pelo Observatório Nacional de Segurança Veicular (ONSV) no âmbito de Acordo de Cooperação Técnica firmado com o Denatran.

Outra questão que gera discordância é o limite de peso. Segundo a Lei da Balança, nome dado as Resoluções 210 e 211 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), existe o limite de 57 toneladas para a configuração 6×4.

Se o peso passar disso, o conjunto precisa ter entre 20 e 30 metros de comprimento total para estar regularizado, além de solicitar uma Autorização Especial de Trânsito.

Por ser um assunto que gera discordâncias, vale ficar atento na legislação. Porém, até o momento, o quarto eixo na carreta segue proibido.

 

Por Pietra Alcântara

8 COMENTÁRIOS

  1. Kkkkk cada dia mais quarto eixo.ja vi que no Brasil a lei não funciona. Ta autorizado a circulaçao. Falei ontem com um guarda estadual no rs c ta no documento e registrado no Inmetro .so acelerar ..isso e tudo legalizado so compra e arrocha.

    • Boa noite. Eu tenho um bitren 7 eixos o peso bruto é 57 tons no bruto. Agora a 4 eixos na carreta que ai fica um 7 eixos tambem porque ela passa com 58.500 no bruto. Se é o mesmo numero de eixos porque essa diferença contando que a 4eixo so anda com o eixo abaixado em li ha reta. E outra coisa se fosse legalizada as empresas como randon noma e outras estavam fazendo hoje em dia elas fazem a carreta ls e coloca o eixo encima e quem a comprou coloca aonde ele quizer.

      • Porque o eixo é distanciado como de uma Vanderleia, então esse eixo leva 10 Ton e não 8,5 ton como um eixo de uma LS normal ou bitrem. Mas pela legislação o correto é só 57 Bruto, pois mais q esse peso tem que ter mais de 25 metros e ter licença.
        As fábricas não querem esse implemento (LS 4° eixo) porque é muito mais vantagem pra eles venser Rodotrem e bitrem, custa bem mais. Pois, enquando eles vendem uma carreta 4 eixo eles venderiam duas carretas para botar em um Rodotrem, é muito mais vantajoso para as fábricas.
        E outra coisa é muito mais seguro uma carreta 4°eixo na estrada do que um Rodotrem com todo aquele comprometi e todo mundo sabe o quanto perigoso é a última carreta do Rodotrem (tomba muito fácil), difícil de ultrapassar justamente pelo comprimento. E falam tanto d acarreta 4° eixo, mas e os 9° eixos curto? Que segurança tem aquele implemento. Esse nem sai o documento anda só com licença. Já a carreta 4° eixo sai o documento. Só ali já mostra q é mais seguro.
        E tem muito dono de britrem falando mal da carreta 4° eixo só por dor de cutuvelo pq carrega mais peso que ele, mesmo se considerarem só 57 Ton Bruto para as carretas ao invés dos 58,5 ton que está atualmente, ainda assim vai carregar mais peso líquido do que o britrem, pois a tara de um bitrem é em médias 20 Ton e a de uma carreta 4° eixo é 18 Ton, resumindo o bitrem sempre levaria em média 2 ton a mais de TARA e conseguintemente 2 ton menos de carga líquida que a carreta 4° eixo.

        • Mais um detalhe o bitrem precisa ser traçado também , quanto a carreta 4 eixo pode ser 6×2 , cavalo mecânico fica mais barato , mais econômico menos pedágio

      • Para entender melhor segue a lei de peso bruto por eixo.
        O cavalo mecânico tanto 6×2 ou 6×4 pode carregar um peso bruto de 23 tons, sendo 8.500 kgs em cada eixo traseiro e 6.000 kgs no dianteiro. Para o britrem segue a mesma regra, são 8.500 kgs em cada eixo 4 eixos igual a 34 tons totalizando 57 tons.
        Para a configuração da carreta 4°eixo a diferença está no eixo direcional e distanciado, na legislação do Contaram esse eixo pode carregar 10.000 kgs de peso bruto, então seria no 3 eixos juntos 8.500 kgs cada ou seja 25.500 kgs + 10.000 kgs do direcional distanciando + 23.000 kgs do cavalo mecânico.
        Totalizando 58.500 kgs

      • Estou comprando uma quarto eixo alguém sabe aonde faço a transferência no meu estado RS ou no de origem que eh ms pois lá eles fazem cm mais facilidade

  2. O cara me fala que uma 4 eixo tem mais estabilidade que um bitrem ele nunca conduziu nem uma e nem a outra , porém o bitrem tem bem mais estabilidade e deveria sim carregar as 40 toneladas que uma 4 eixo carrega, pela lógica de segurança e estabilidade, porque uma 4 eixo com 40 toneladas de carga se torna bem mais perigoso ,já questionei isso com vários motoristas e eles afirmaram a discussões. Motoristas que estão exercendo a profissão na 4 eixo e bitrem .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados