sábado, outubro 24, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Scania investe R$1,4 bilhão em fábrica de São Bernardo

- Publicidade -

Com o objetivo de modernizar e atualizar a linha de montagem de caminhões em sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP), a Scania anunciou um investimento de R$1,4 bilhão na manhã da última terça-feira (21).

Veja também: Ford Caminhões encerra operações no Brasil

 

novo_scania_caminhoes

A previsão de aplicação do novo investimento anunciado é entre 2021 a 2024. Segundo o presidente e CEO da Scania Latin América, Christopher Podgorski, a empresa acredita no potencial do País e o investimento reforçará a jornada na busca de transportes sustentáveis.  

“Estamos há 62 anos no Brasil sempre acreditando na visão de longo prazo e potencial do País e esse aporte reforça nossa jornada em direção ao transporte sustentável.”, declara Podgorski.

Ainda  segundo  o presidente,  a elevação do patamar da empresa era necessário  para atender as necessidades das novas tecnologias desenvolvidas: “Nosso ritmo de investimento tem sido de R$ 100 milhões/ano, mas agora, para atender as necessidades das novas tendências ligadas ao mundo do transporte, precisamos elevar esse patamar.”

Em 2016, a empresa sueca  também iniciou um investimento no país de R$ 2,6 bilhões com o objetivo de fazer uma mudança nas fábricas para a chegada da nova geração de caminhões na América Latina. A conclusão desse aporte está prevista para 2020, antes de começar o novo financiamento.

investimento da scania

O governador do Estado de São Paulo, João Dória, participou do anúncio feito presidente da Scania  e afirma que o novo aporte beneficiará a cidade de São Bernardo do Campo e todo o Estado de São Paulo. 

“A Scania anuncia um novo investimento de R$ 1,4 bilhão nesta fábrica aqui em São Bernardo do Campo, gerando mais empregos, mais renda, mais tecnologia e dando um voto de confiança em São Paulo, em São Bernardo do Campo e no Brasil”

Transporte Sustentável

Hoje, o foco da empresa, na área de desenvolvimento, são os combustíveis alternativos, principalmente os veículos movidos a gás. Recentemente, em parceria com a Citrosuco (Empresa de Suco de Laranja), a Scania anunciou a realização dos primeiros testes com um caminhão pesado, de 410 cavalos de potência, que pode ser abastecido com gás natural veicular (GNV) ou biogás.

A rota escolhida para testes foi entre Matão e Santos (SP), para fazer transporte de suco de laranja com destino à exportação para mais de 100 países.

A fase de testes começou em dezembro e o período de análise levará um ano para ser concluído.

Confira também: Governo anuncia financiamento de R$500 milhões para o setor de máquinas agrícolas

 

Por Isabella Gonçalves com informações da Assessoria Scania

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados