quarta-feira, outubro 21, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

SP 294 pode ganhar 7 novos pedágios

- Publicidade -

O primeiro lote de rodovias para concessão à iniciativa privada anunciado pelo governador João Dória prevê a instalação de duas praças de pedágio na SP 294 entre Marília e Bauru, com distância de 100 entre um e outro.

Uma das barreiras ficará próximo de Bauru enquanto a outra deve ser instalada entre o distrito de Jafa e Garça, conforme os documentos que ainda estão em discussão.

Leia também: Cobrança de pedágio retorna à Freeway

Outros pedágios também estão previstos para serem instalados na SP 294 entre Marília e Panorama. Ao todo, serão 7 pedágios no trecho que liga os dois municípios.

Haverá pedágios nos percursos entre Pompéia e Paulópolis, Tupã e Iacri outros três pedágios próximos às cidades de Lucélia e Santa Mercedes. 

O projeto prevê obras de ampliação e modernização da infraestrutura de 1.201 quilômetros em rodovias, sendo que 417 quilômetros de vias serão duplicados.

É o maior pacote do tipo na história paulista e prevê R$ 9 bilhões de investimentos num período de 30 anos, de acordo com a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

Além de Marília, as estradas passam por cidades como Presidente Prudente, Assis, Parapuã, Bauru, Brotas, Rio Claro, Limeira, Jaú e Sorocaba.

 

Detalhes

Parte do investimento será na duplicação de 417 km de rodovias. A concessionária terá ainda de instalar câmeras de segurança com leitor automático de placas, que podem aplicar multas ou reconhecer veículos com documentação irregular ou até roubados.

O governador disse que os pedágios serão “20% mais baixos” do que o preço cobrado hoje. Na lista de investimentos não constam nenhuma previsão para Marília.

A cobrança também terá duas diferenças. A primeira é que será autorizado –  mas não obrigatório – à concessionária a opção de dar descontos tarifários para estimular o uso da rodovia em horários de menor demanda, melhorando o fluxo nos horários de pico.

Também será implementado um tipo de cobrança só por trecho percorrido, para carros com etiquetas eletrônicas de pagamento automático – como Veloe ou Sem Parar.

Haverá quatro audiências públicas para explicar a proposta e receber críticas e sugestões da população. A previsão é que o edital final saia em 15 de março e o recebimento das propostas ocorra em 15 de abril.

A audiência pública mais perto de Marília acontece em Bauru no dia 11 de março. A Artesp explica que até a publicação do edital, e após ouvir a população, a localização das praças de pedágio e outros detalhes podem ser alterados.

 

Adaptado de Marília Notícia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados