terça-feira, outubro 19, 2021

Tecnologia de caminhões e cinto de três pontos: Conheça a nova Ford Transit que chega ao Brasil

Em setembro, a Ford apresentou ao Brasil a nova linha Transit, no segmento de vans. Os modelos de 15 ou 18 passageiros + o motorista serão comercializados a partir do final deste mês. Com várias tecnologias de ponta embarcadas, como as utilizadas em caminhões pesados, a montadora promete maior segurança, conforto, disponibilidade e muita conectividade aos clientes.

Nova Ford Transit Brasil
Nova Ford Transit Brasil
Fonte: Assessoria Ford

A marca quer recuperar a confiança dos consumidores brasileiros, já que deixou de importar a Transit no Brasil em 2014 pela alta do dólar. Recentemente, a marca também fechou as suas fábricas no país. Apesar de ter parado a produção de veículos em todo território nacional, a Ford continua mantendo contato com seus clientes.

“A Ford não saiu do Brasil. A gente fez um redesenho do nosso negócio onde a gente deixou de produzir veículos no Brasil, mas em nenhum momento foi cogitado deixar de operar, deixar de vender, deixar de dar assistência aos nossos clientes aqui no Brasil”, disse Flávio Costa, gerente de vendas comerciais da Ford, em entrevista ao Pé na Estrada.

Segundo a Ford, a atual geração da linha Transit é líder de vendas no segmento de veículos comerciais na Europa. Produzida no Uruguai, a nova Transit que chega ao Brasil promete trazer o que tem de melhor no mercado mundial, adaptado à realidade brasileira. E então, vamos conhecer melhor a nova Ford Transit e suas tecnologias?

Características gerais

A nova linha Transit será produzida inicialmente no modelo de passageiros, ou Minibus, nas versões para 15 ou 18 passageiros + o motorista. São dois modelos, o tradicional e a chamada versão vidrada, sem bancos, para o cliente configurar como for preciso. O cliente poderá escolher a van entre as cores Branco Oxford ou Prata Lunar.

Ford Transit na cor branco Oxford
Nova Ford Transit na cor branco Oxford com o estribo retrátil

A versão de carga, ou Furgão, deve chegar no primeiro semestre do ano que vem, com as opções de cabine média ou longa, também configuráveis de acordo com as necessidades do cliente.

O veículo vem com motor EcoBlue 2.0 de 170 cv e torque de 41,3 kgfm, além de tração traseira de série, direção elétrica e transmissão manual de 6 velocidades. Trazendo o que tem de mais moderno no mundo, a nova Transit vem equipada com tecnologia Euro 6 e Arla 32, que ajuda a reduzir o nível de emissões de gases poluentes. Em ônibus e caminhões, a tecnologia está prevista para entrar em vigor no Brasil a partir de janeiro de 2023.

A van pode ser aplicada para uso urbano, escolar, fretamento, turismo e executivo. Segundo a empresa, o veículo também possui mecanismos para transportar pessoas com mobilidade reduzida.

Tecnologias embarcadas

A nova linha Transit vem equipada com uma série de tecnologias para permitir ao motorista uma maior segurança quando está a bordo da van, a fim de evitar transtornos futuros por conta de acidentes ou colisões com o veículo e aumentar a disponibilidade do veículo. Vamos conhecê-las a seguir:

  • Assistência de permanência em faixa

Uma das grandes novidades que a Ford traz ao mercado brasileiro no segmento de vans é a assistência de permanência em faixa. Com ela, toda vez que o veículo estiver saindo da faixa, sem estar com a seta ligada, o próprio veículo avisa o motorista e faz a correção, mantendo-se dentro do curso. Para o sistema funcionar, é necessário que a via em que o motorista esteja transitando possua as faixas. A montadora afirma que, mesmo com a correção automática, em uma situação de emergência o motorista conseguirá fazer desvios rápidos normalmente.

  • Assistência autônoma de frenagem

Através de câmeras e radares instalados no veículo, a van, de forma autônoma, detecta a passagem de pedestres e veículos que estão à sua frente. Ao perceber a aproximação de pedestres e veículos, a van aciona o sistema de freios imediatamente. Esta tecnologia já é encontrada em alguns caminhões pesados.

  • Piloto automático adaptativo

Também através de câmeras e radares, o piloto automático adaptativo, ao perceber que a van está andando mais rápida que o veículo da frente, ajusta de forma automática a velocidade e a distância da van para o veículo da dianteira, evitando possíveis colisões.

Veja também: Assistente adaptativo do Novo Actros

  • Assistência de partida em rampas

O assistente de partidas em rampas dá três segundos para o motorista tirar o pé do freio e ir para o acelerador. Nesse tempo ele não permite que a van desça para trás, evitando batidas em terrenos inclinados e gerando menor desgaste de embreagem. 

Veja também: Assistente de partida em rampas do Ford Cargo Torqshift 2429

  • Câmera de ré e sensor traseiro de estacionamento de série

A nova Ford Transit também vem equipada com câmera e sensor localizados na traseira do veículo. A câmera de ré permitirá ao motorista uma maior visibilidade na hora de estacionar, sair com a van ou em qualquer outra situação que necessite de uma visão da parte de trás do veículo. Ela também ajuda a reduzir pontos cegos. É possível acessar a câmera traseira também por um botão, sem a necessidade de engatar a ré.

Já o sensor de estacionamento verifica se não há nenhum obstáculo próximo do veículo na hora de estacionar.

Câmera de ré instalada na nova linha Transit, da Ford
Câmera de ré instalada na nova linha Transit, da Ford

  • Auto Start Stop

A tecnologia Auto Start-Stop é uma técnica que prevê ajudar o veículo na redução do consumo de combustível através do desligamento do motor quando a van estiver parada.

Segundo a Ford, quando o motorista pisar no freio por completo, o motor é desligado automaticamente. Depois de tirar o pedal do freio, o veículo reinicia de forma automática. Segundo a Ford, o motorista saberá quando a van estiver com o motor desligado por meio de uma luz no painel de instrumentos. Segundo a montadora, não há desgaste das partes por conta do sistema, apenas consumo de combustível.

  • Modo de condução

A nova van comercial da Ford aqui no Brasil virá com três tipos de condução, de acordo com a necessidade de cada motorista. No modo normal, há calibração padrão de motor e rótulos. Já no modo econômico, a calibração é otimizada com restrição de rotação e torque. No modo escorregadio, para dias de chuva, por exemplo, a calibração é otimizada dos módulos para tração.

  • Cinto de três pontos e estribo

O cinto de três pontos já é usado em automóveis e caminhões, mas não é comum vê-lo nos bancos traseiros de vans. A nova linha Transit adotará em todos os seus bancos este tipo de cinto, que passa pelo ombro do passageiro e é muito mais seguro. Além disso, todos os bancos podem ser reclináveis.

Cinto de três pontos na nova Ford Transit
A nova Ford Transit possui cinto de três pontas em todos os bancos

A van também conta com o estribo elétrico de série, que facilita o embarque e desembarque de passageiros servindo como apoio para entrar e sair do veículo. Ele sai de baixo do veículo quando a porta abre e é recolhido quando a porta fecha. Também de série, a Transit vem com barra de acesso dos dois lados, para facilitar ainda mais o embarque e desembarque dos passageiros. 

O posto do motorista

O posto do motorista também lembra o dos caminhões pesados. Não o banco, que é um banco confortável mas comum, mas sim os controles a mão do motorista e o sistema de mídia.

O volante multifuncional vem de série e tem diversos controles, inclusive do pacote multimídia, que fica ao lado, tem 8 polegadas e diversos recursos, como vários aplicativos que podem ser baixados diretamente nele ou é possível também espelhar a tela do celular.

O volante é multifuncional
O volante é multifuncional e controla tanto funções do painel principal quanto algumas do multimídia

Banco e volante possuem diversos ajustes. O display do painel de controle tem 4 polegadas, é colorido e multifuncional, exibindo o que o motorista escolher. O banco do meio pode virar uma mesinha para refeições rápidas ou para momentos de organizar a papelada.

Os três postos da frente possuem apoio de copo e os dois laterais possuem também apoio para garrafa. Existem diversos outros porta-objetos na cabine e entradas UBS. 

Outra característica que lembra os veículos pesados é a tecla do 0800. Ela é uma tecla no multimídia do veículo e, em caso de emergência, o motorista não precisa saber o telefone da concessionária para pedir apoio, a tecla 0800 já o conecta diretamente. 

FordPass 

Cokpit do motorista com sistema multimídia

A marca aposta na conectividade para poder operar sem paradas o máximo de tempo possível. A linha Transit vem com um modem embarcado, o FordPass Connect, que permite ao cliente saber o status do veículo, a sua localização em tempo real e enviar comandos remotos pelo celular. Uma informação importante é que ele já faz parte do veículo, não sendo um serviço pago à parte.

Alguns exemplos são: Travar e destravar portas, dar a partida, checar o nível do combustível, a quilometragem e quanto falta até a próxima revisão. Outra função importante é o alerta de modos de falha, que identifica desde falta de água no reservatório do limpador de para-brisa ou pneu descalibrado até variações do desempenho do motor.

O alerta é gerado no celular e orienta o motorista a corrigir o problema. Se for um alerta mais urgente, que pode afetar o funcionamento do veículo, a assistência 24 horas entra em contato com o cliente e o ajuda a encontrar uma solução. O FordPass também permite agendar e acompanhar o andamento de serviços no veículo.

Assistência e pós-venda

A Ford garante aos frotistas que adquirirem a nova linha Transit um plano de manutenção personalizado, serviços in loco (o assistente vai até você), análise do custo de operação e assistência no suprimento de peças. De acordo com a montadora, são cinco depósitos, sendo dois novos, de peças de serviço. A empresa também garante transparência no preço dos serviços, evitando surpresas na hora do pagamento.

A garantia do produto é de 1 ano ou 100 mil km, com revisões a cada 20 mil km e o cliente pode adquirir o contrato de manutenção pré-adquirido, o Ford Connect.

Em parceria com o banco Bradesco, a primeira parcela para adquirir o novo Ford Transit será com até 90 dias de carência. A empresa, no entanto, não divulgou ainda o valor do veículo, mas assegura que será um preço competitivo com o mercado. 

A Ford garante que os clientes continuarão contando com um rede de mais de 100 concessionárias em todas as regiões do Brasil e que 50% delas já estão treinadas para atendimento da nova Ford Transit. Os clientes também terão um canal exclusivo na Central de Atendimento Ford, com assistência 24 horas e sete dias por semana.

A Ford no Brasil

Com a volta da Transit, especula-se uma possível volta de caminhões, mesmo que fabricados em outros países. No entanto, Flávio Costa garante que essa possibilidade não existe. Segundo ele, a Transit é comercializada em mais de 65 países, com isso, é possível aproveitar veículos, aprendizados e tecnologias pelo mundo. Já os caminhões tinham um mercado muito mais restrito e fabricação apenas aqui, o que não permite ganho de escala e nem troca de tecnologias. Por esses motivos, a operação de caminhões não deve voltar. 

 

Por Wellington Nascimento com informações de Assessoria Ford

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados