Pelo visto, a empresa norte-americana Tesla, responsável pelo caminhão Semi, já anunciado como o caminhão mais moderno do mundo, vai dar um gás à produção do modelo. O veículo foi anunciado em 2017 e bateu recordes de vendas antes mesmo de sua produção.

tesla semi
Tesla quer acelerar produção de caminhão elétrico para 2020 | Imagem: Tesla/Divulgação

A informação foi divulgada pela agência de notícia britânica Reuters, que teve acesso a um e-mail do presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, em que ele comunica a sua equipe de que era hora de levar o caminhão Semi à “produção em volume”.

Musk não especificou um prazo para aumentar a produção do Semi. Após a divulgação da informação, Musk tuitou confirmou o fato em sua conta no Twitter.

As ações da Tesla subiram cerca de 6% após o anúncio, tornando a empresa do Vale do Silício a segunda montadora mais valiosa do mundo, atrás apenas da japonesa Toyota Motor Corp. O aumento das ações da Tesla pode posicionar Musk para outro pagamento de um plano de remuneração de ações vinculado à capitalização de mercado da empresa.

Musk disse que a Tesla está explorando outros estados dos EUA em busca de um local para construir uma nova fábrica, dando a entender que o Texas pode ser candidato. Oklahoma e outros estados estão na lista de possibilidades.

 

Tesla Semi

Tesla Semi

Musk apresentou o protótipo do Semi, que é movido a baterias elétricas, em 2017. Na época, a promessa era de que o caminhão entraria em produção em 2019. Mais recentemente, ele declarou que o Semi entraria em produção em volume até 2021.

Em abril, a empresa anunciou adiamento da entrega dos caminhões pela segunda vez. Prometido para meados de 2020 em pequenas quantidades, a Tesla preferiu mudar as primeiras entregas do Semi para 2021, sem dar maiores explicações.

O atraso afeta grandes empresas como Pepsi, Walmart, FedEx, UPS, DHL, Anheuser-Busch, Sysco e outras que já haviam feito pedidos do caminhão Semi.

 

Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here