domingo, junho 20, 2021

Transporte gera 16 mil empregos até março de 2019

O transporte estava otimista para 2019, mas, infelizmente, o crescimento nas atividades ligadas à logística, assim como nas demais áreas econômicas, não veio tão forte como previsto. Ainda assim, o setor de transporte, armazenagem e correios criou 16 mil empregos com carteira assinada no primeiro trimestre de 2019. O resultado é 52,6% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado e o melhor para o trimestre desde 2014 – quando foram criados 24,1 mil postos de trabalho.

O número é formado com base no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, e é calculado pela diferença entre contratações e demissões.

O transporte rodoviário de cargas foi o maior responsável pela alta, já que abriu 12,8 mil postos de trabalho no período. (Clique aqui e veja dicas de empregos e cargas)

Também se destacaram positivamente o transporte rodoviário de passageiros (1,1 mil vagas); o segmento de armazenamento, carga e descarga (mais de 1,8 mil); e atividades relacionadas à organização do transporte de carga (mais de 1,3 mil). 

No acumulado em 12 meses (de abril de 2018 até março deste ano), foram criados 34,9 mil empregos com carteira assinada no setor. 

Adaptado de CNT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados