segunda-feira, abril 19, 2021

Valores do piso mínimo são reajustados; veja o que mudou

Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou no Diário Oficial da União de 17 de janeiro uma resolução com novos valores do piso mínimo para o frete rodoviário de cargas. A nova tabela tem uma diferença de 1,75% a 1,90% no valor em relação à penúltima atualização do tabelamento, em novembro.

Aprenda a calcular com a nova tabela de frete – clique aqui

valores_do_piso_minimo

O reajuste aconteceu próximo à data prevista na lei da tabela mínima de frete, que obriga alteração no preço mínimo semestralmente, sempre nas datas 20 de janeiro e 20 de julho de cada ano.

Para ver a nova tabela na íntegra, clique aqui.

Use nossa calculadora de frete! Confira no link.

 

Mudanças na tabela

O reajuste do valor mínimo do frete, de acordo com o Valor Econômico, foi feito com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O IPCA, medido mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi criado com o objetivo de oferecer a variação dos preços no comércio para o público final. O IPCA é considerado o índice oficial de inflação do país. As informações são do UOL.

A seguir, temos alguns exemplos que mostram na prática o que esse reajuste na tabela significa para o bolso do caminhoneiro autônomo. Usamos os mesmos exemplos da matéria AGU faz defesa da tabela; veja exemplos de fretes abaixo do valor da tabela.

 

Exemplo 1

Imagem: Google Maps

Origem: Belém/PA

Destino: Itajaí/SC

Número de eixos: 6

Produto: Diversos (carga geral)

Distância: 3.510 km

Preço do frete antes da tabela: R$ 5.300,00

Preço do frete de acordo com a tabela de 30/05/2018: R$ 18.532,80

Preço do frete de acordo com a tabela de 05/09/2018: R$ 19.796,40

Preço do frete de acordo com a tabela de 22/11/2018: R$ 18.743,40

Preço do frete de acordo com a tabela de 17/01/2019: R$ 18.954,00

Neste caso, a diferença entre as duas últimas tabelas é de R$ 210,60.

 

Exemplo 2

Imagem: Google Maps

Origem: Feira de Santana/BA

Destino: Pereira Barreto/SP

Número de eixos: 4

Produto: Paletes (carga geral)

Distância: 1.973 km

Preço do frete antes da tabela:R$ 2.500,00

Preço do frete de acordo com a tabela de 30/05/2018: R$ 7.023,88

Preço do frete de acordo com a tabela de 05/09/2018: R$ 7.497,40

Preço do frete de acordo com a tabela de 22/11/2018: R$ 7.102,80

Preço do frete de acordo com a tabela de 17/01/2019: R$ 7.181,72

Neste caso, a diferença entre as duas últimas tabelas é de R$ 78,92.

 

Problemas da tabela

Apesar dos reajustes, a tabela mínima de fretes em vigor ainda possui muitas falhas. Caminhoneiros reclamam dos valores para cada tipo de carga e de incoerências nos preços mínimos. Uma delas é o fato do frete para carga geral ser mais caro em comparação ao frete para carga perigosa e frigorífica. Esses problemas ainda não foram solucionados pela ANTT.

O portal Valor Econômico também divulgou que a equipe do novo governo pretender fazer outra mudança no parâmetro de atualização da tabela no reajuste seguinte, programado para 20 de julho deste ano. A mudança será pautada por discussões técnicas entre o governo e os transportadores, previstas para acontecerem entre 20 de janeiro e 20 de julho.

 

Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados