sábado, novembro 28, 2020

Venda de diesel dá sinais de recuperação

A venda de diesel no mercado brasileiro aumentaram em setembro, quando comparadas ao mesmo período do ano anterior. Segundo a Folha, o aumento pode indicar recuperação no setor.

Ouça o podcast: Impactos da Covid-19 na Venda de Combustível

venda de diesel
Venda de diesel dá sinais de recuperação.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), as distribuidoras de combustíveis venderam em setembro 5,2 bilhões de litros de diesel, volume 7% superior ao verificado no mesmo mês de 2019. Foi a primeira vez desde o início da pandemia que a marca do ano anterior foi ultrapassada.

Segundo executivos do setor, o desempenho foi impulsionado pela boa safra de grãos, cujo transporte é um dos principais consumidores de diesel do país.

No acumulado do ano, segundo a ANP, as vendas de diesel ainda são 1% menores do que no mesmo período de 2019. O desempenho, porém, ainda é melhor do que o dos outros combustíveis, que sofreram mais com a redução da circulação de pessoas durante a pandemia.

As vendas de gasolina e de etanol acumulam queda de 9,1% e 16%, respectivamente, no ano. No primeiro caso, houve recuperação em setembro, diante dos altos preços do etanol, com alta de 2,23% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

O crescimento das vendas de diesel ocorre em um momento de pressão nos preços provocada pela retomada das cotações internacionais do petróleo após o pior período da pandemia e pela escalada dos preços do biodiesel, impulsionados pela alta demanda global pela soja.

 

Adaptado de Folha de S. Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados