terça-feira, setembro 29, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Vendas de pesados caem de agosto para setembro, segundo Anfavea

- Publicidade -

As vendas de pesados têm se mantido ao longo dos meses em 2019. Os dados divulgados pela Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) nesta segunda-feira, 7, mostram que houve queda nas vendas de agosto para setembro.

Leia também: Roubo de cargas em SP cai 22%

agosto para setembro

 

Caminhões

As vendas de caminhões em setembro foram menores em relação a agosto, mas se compararmos com os números de 2018, houve aumento. Foram 9,1 mil unidades licenciadas em setembro, contra 9,4 mil em agosto, representando 3,6% de queda.

Em relação a setembro do ano passado, houve crescimento de 35,6% nas vendas. No acumulado também houve aumento. De janeiro a setembro deste ano foram vendidos 74,3 mil caminhões, contra 52,8 mil no mesmo período do ano passado, representando 40,7% de crescimento.

Já as exportações de caminhões tiveram queda: 27,3% a menos em relação a agosto deste ano e 45,2% em relação a setembro de 2018. Ao todo, foram 9,8 mil unidades exportadas.

 

Ônibus

onibus categoria D

Foram 1,7 mil unidades vendidas em setembro, o que representa aumento de 15,9% em relação a setembro de 2018. Já em relação a agosto, houve queda de 14,5%.

No acumulado também houve aumento. Foram 15,2 mil unidades vendidas entre janeiro e setembro deste ano, contra 10,4 mil registradas no mesmo período de 2018, uma diferença de 45%.

Foram 464 unidades exportadas em setembro deste ano, uma diferença de 4% a mais em relação a agosto. Quando comparado com o número de exportações em setembro de 2018, há queda: foram 661 unidades exportadas no período do ano passado, contabilizando diminuição de 29,8%. No acumulado, a queda é de 19,3%.

 

Máquinas agrícolas

vendas_de_caminhoes_continuam_aumentando

Em setembro foram 4,7 mil unidades vendidas, 5,2% a menos que as unidades vendidas em setembro de 2018. Em relação ao mês passado, houve aumento de 11,4% nas vendas.

No acumulado, houve 5,7% de queda nas vendas, com 32,6 mil unidades vendidas em 2019 e 34,6 mil em 2018.

Nas exportações também houve queda. Foram 1 mil unidades exportadas em setembro, contra 1,2 mil em agosto, representando diminuição de 19,7%. Em relação a setembro de 2018, a queda foi de 11,6% nas exportações. No acumulado, houve diminuição de 0,4%.

Clique aqui para ver a carta na íntegra.

 

Por Pietra Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados