quarta-feira, maio 12, 2021

VUC é liberado de rodízio em São Paulo

Foi publicado no Diário Oficial da cidade de São Paulo a inclusão do Veículo Urbano de Carga, ou VUC, nas exceções do rodízio municipal que limitam a circulação de veículos de acordo com o final da placa. A medida passou a vigorar na última sexta-feira, 21.

Na prática, isso quer dizer que VUCs poderão circular livremente em qualquer horário e isentos de restrições em vias que possuem rodízio municipal. Elas estão agrupadas no chamado Mini Anel Viário.

Confira também: Lei de circulação merece ser adaptada – nem tudo pode ser transportado com VUCs

vuc_restricoes_sao_paulo

O Mini Anel Viário de São Paulo é composto pelas marginais dos rios Tietê e Pinheiros, Avenida dos Bandeirantes, Avenida Afonso D’Escragnole Taunay, Completo Viário Maria Maluf, Avenida Tancredo Neves, Rua das Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo, Avenida Professor Luís Ignácio de Anhaia Melo e Avenida Salim Farah Maluf.

Agora, basta que a isenção da restrição do rodízio para o VUC, descrita no Decreto Nº 58.584, seja regulamentada por uma portaria emitida pelo Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV), o que é esperado para o início do mês de janeiro de 2019.

A liberação é uma considerada uma conquista do setor de transporte rodoviário de cargas que, inclusive, já havia apresentado argumentos técnicos para que isso ocorresse.

“Há muitos anos o setor de transporte sofre com injustas restrições à circulação dos veículos de cargas na cidade de São Paulo, restrições estas que nunca colaboraram com a segurança do trânsito ou a redução dos congestionamentos, pois quanto menor o veículo, mais são necessários para escoar uma determinada produção. Isso não quer dizer que apoiamos uma carreta no centro da cidade em horário comercial, o que nós apoiamos é o que a atual gestão da Prefeitura de São Paulo fez incentivando o uso de um veículo apropriado para a distribuição urbana, ou seja, o VUC”, afirma Tayguara Helou, presidente do Setcesp.

 

Veículo Urbano de Carga

vuc_restricoes_sao_paulo

O VUC foi desenvolvido especialmente para atender regiões de grande concentração comercial e demográfica devido às suas dimensões reduzidas que facilitam a circulação em vias estreitas, manobras em locais com tráfego intenso e acesso a estacionamentos.

Além disso, esse tipo de veículo possui capacidade de carga cinco vezes maior em comparação a um utilitário, modelo amplamente utilizado para realizar a distribuição urbana de cargas em horários e locais restritos.

O VUC regulamentado atualmente em São Paulo possui capacidade média de carga de 3,50 toneladas e ocupa 7,20 m no viário, enquanto isso, os cinco veículos utilitários equivalentes transportam apenas 3,25 toneladas ocupando um espaço médio de 21,5 m nas ruas e avenidas da cidade.

Para realizar operações de transporte de cargas irrestritas na cidade de São Paulo, o VUC precisa ter a Autorização Especial de Trânsito para Caminhões (AETC) que é emitida pela Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes após vistoria técnica que afere as medidas regulamentadas.

 

Adaptado de Sestcesp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados