5 trechos mais perigosos para caminhões no Brasil

trechos mais perigosos

Uma das maiores preocupações de quem roda pelo trecho diariamente é a segurança. Não por acaso, já que entre 50 e 60 mil brasileiros morrem todos os anos em acidentes de trânsito, segundo dados do Estadão.

Veja também: Melhores e piores trechos brasileiros

A Volvo lançou recentemente a versão atualizada do Atlas da Acidentalidade do Transporte Brasileiro e, baseado nessas informações, elaboramos uma lista dos trechos mais perigosos para caminhões. Essas informações destacam os trechos de 10km onde mais pessoas morreram entre os anos 2007 e 2016 em acidentes envolvendo caminhões. A análise mostrou que a velocidade incompatível e a ultrapassagem indevida são as maiores causas de acidentes com elevado número de mortos. O dados consideram apenas acidentes com vítimas.

Confira os trechos mais perigosos para caminhões no Brasil:

 

BR 376 – Dourados (Mato Grosso do Sul) – Garuva (Santa Catarina)

Do km 667 ao 677

Nesse trecho, o horário considerado crítico, ou seja, onde mais se registrou acidentes com óbito envolvendo caminhões, foi das 12h às 18h, nas quinta-feiras. Em relação à 2007, o número de acidentes diminuiu de 54 acidentes para 39, em 2016. Os mortos registrados nesse trecho em 2007 foram 15, em comparação com 2016, em que foram registradas 5 mortes na rodovia.

 

BR 381 – São Mateus (Espírito Santo) – São Paulo (São Paulo)

Do km 415 ao 425

Na BR 381, o horário considerado crítico é das 0h às 6h, nas sextas-feiras, onde foram registrados maior número de acidentes com óbito. Segundo os dados, a maioria dos acidentes foi causado por colisão frontal.

 

BR 282 – Florianópolis (Santa Catarina) – Paraíso (Santa Catarina)

Do km 630 ao 640

Os anos com índices mais altos de óbitos nesse trecho foram 2017, com 27 mortes e 2011, com 26 mortes por acidente. Nos registros de 2016, houveram apenas 3 acidentes e nenhuma morte registrada.

 

BR 116 Fortaleza (Ceará) – Jaguarão (Rio Grande do Sul)

Do km 219 ao 229

A combinação de dia da semana e horário críticos para acidentes é das 12h às 18h, as segundas-feiras. Nesse trecho, o ano com mais registros de acidentes foi 2008, com 62 acidentes e 12 mortos. Os últimos dados, que datam de 2016, contabilizam 44 acidentes na rodovia, com 4 mortos.

 

Do km 579 ao 589

A mesma rodovia, porém em um trecho diferente, também está na lista dos piores trechos do Brasil. Nesse, a combinação crítica de dia da semana e horário é aos sábados, das 0h às 6h. O ano com maior registro de mortes nesse trecho foi em 2011, com 35 mortes registradas. Em 2016, esse número caiu para 0 mortes no ano e 3 acidentes.

 

E para você, quais são os trechos mais perigosos? Já rodou por algum deles?

 

Por Pietra Alcântara com informações do Atlas da Acidentalidade do Transporte Brasileiro da Volvo

  • Rafael Lima

    É pesquisa pelo que entendi só trata de acidentes, mas vou fazer um alerta aqui sobre a BR-116 de Tucano-BA até a divisa com o estado do Pernambuco, principalmente nas proximidades de Euclides da Cunha-BA, é bom o pessoal ficar ligado, tem havido muitos assaltos, principalmente com roubos de pneus na região, o policiamento não é eficiente e já aconteceu muitas vezes, de uns tempos pra cá não tenho visto falar mais disso, mas é bom ficar sempre de olho aberto e não vacilar, evitar trafegar pelo trecho até altas horas da noite e sozinho, é bom evitar dá carona para estranhos também, todo cuidado é pouco!

1